sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Manifestantes tentam entrar no palácio do Planalto

Manifestantes contrários ao impeachment de Dilma Rousseff tentaram entrar no Palácio do Planalto, em Brasília, durante a sessão de tomada de posse do governo do presidente interino, Michel Temer.

Andre Penner

© Ueslei Marcelino / Reuters

Os manifestantes saltaram as grades em frente ao palácio presidencial e conseguiram subir alguns metros da rampa de acesso, mas a segurança do edifício e a Polícia Militar responderam com gás lacrimogéneo.

Segundo a Agência Brasil, uma manifestante foi afetada pelo gás e permaneceu sentada no local durante cerca de dez minutos, até ser retirada pelos agentes.

Após o tumulto, a Polícia Militar afastou os manifestantes para o outro lado da rua.

O incidente ocorreu quando o presidente interino, Michel Temer, proferia um discurso no interior do Palácio do Planalto, após empossar os novos ministros.

Antes disso, quando os convidados chegavam ao local, os manifestantes gritaram palavras de ordem como "golpista".

Michel Temer tornou-se hoje presidente interino, depois de Dilma Rousseff ser afastada temporariamente pelo Senado (câmara alta) por um prazo máximo de 180 dias, por suspeitas de irregularidades orçamentais, como despesas não autorizadas.

Durante este período, o Senado irá julgar Dilma Rousseff num processo presidido por um juiz do Supremo Tribunal de Justiça mas a chefe de Estado só será afastada definitivamente se for condenada por uma maioria de dois terços dos eleitos daquele órgão.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22