sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Michel Temer admite adotar medidas impopulares para colocar "Brasil nos trilhos"

O Presidente interino do Brasil, Michel Temer, admitiu hoje aprovar medidas impopulares que permitam retomar o crescimento económico do país.

© Adriano Machado / Reuters

"As pessoas me perguntam: 'Você não teme propor medidas impopulares?' Não. Porque o meu objetivo não é eleitoral. O meu objetivo, nesses dois anos e meio, se eu ficar dois anos e meio, é conseguir colocar o Brasil nos trilhos, é o que basta", disse o chefe de Estado, num encontro com empresários agrícolas em São Paulo.

Temer frisou que apesar de ocupar a Presidência da República há menos de dois meses, já conseguiu melhorar a relação entre os poderes executivo e legislativo, fazendo uma crítica indireta à Presidente afastada, Dilma Rousseff.

"Num estado democrático, você depende do apoio do Congresso Nacional. Num estado autoritário, você o ignora", afirmou.

Apesar de falar em corte de gastos e medidas impopulares para melhorar a economia brasileira, o Presidente interino apoiou o reajuste orçamental para o funcionalismo público aprovado na Câmara dos Deputados (câmara baixa parlamentar), que custará pelo menos 58 mil milhões de reais (16 mil milhões de euros) ao governo federal.

"Se não fizéssemos aquele acordo [reajuste dos salários de funcionários] em níveis abaixo da inflação, corríamos o risco de ter greve nos setores essenciais, uma coisa politicamente muito desastrosa para o país", concluiu.

Lusa

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Depois do Fogo
    23:30
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.