sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Governo brasileiro vê com "alegria" decisão de levar Dilma a julgamento

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou esta quarta-feira que o governo liderado pelo Presidente interino, Michel Temer, vê com "alegria" a decisão do Senado de levar a Presidente com mandato suspenso, Dilma Rousseff, a julgamento.

"O Presidente Michel [Temer] tinha a expectativa que o Senado continuasse a tributar confiança ao seu projeto de governo. Como vimos, aumentou bastante o número de senadores que votaram a favor da permanência dele e é claro que o governo vê com alegria", disse o governante aos jornalistas, após um encontro com parlamentares.

Numa sessão que começou terça-feira e terminou hoje de madrugada, os senadores decidiram levar Dilma Rousseff a julgamento, por 59 votos contra 21.

A Presidente com mandato suspenso é acusada de ter cometido crime de responsabilidade ao praticar manobras fiscais com a intenção de melhorar as contas públicas e assinar decretos a autorizar despesas que não estavam previstas no orçamento.

Após a fase de apresentação de argumentos e lista de testemunhas pela acusação e pela defesa, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, deverá marcar o julgamento para o final do mês. Essa fase final poderá demorar cerca de uma semana.

Elideu Padilha lembrou que o presidente do Senado, Renan Calheiros, disse que o processo deve ser iniciado a 25 de agosto, mas comentou: "claro que poderão ocorrer factos que posterguem ou antecipem".

Se Dilma Rousseff for condenada por pelo menos 54 dos 81 senadores será considerada culpada e perderá o direito de ocupar cargos públicos eletivos durante oito anos.

Lusa

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC

  • Presidente do Uganda quer proibir sexo oral

    Mundo

    O Presidente do Uganda emitiu um aviso público durante um conferência de imprensa anunciando que vai banir a prática de sexo oral no país. Yoweri Museveni justifica o ato, explicando que "a boca serve para comer".

    SIC