sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Tribunal bloqueia bens da OAS e Odebrecht e de ex-presidente da Petrobras

O Tribunal de Contas da União determinou na quarta-feira o bloqueio de bens das empreiteiras OAS e Odebrecht, e de oito pessoas, incluindo o ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, no âmbito de uma investigação a uma refinaria.

A medida cautelar de bloqueio de bens, com duração de um ano, envolve também o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, o empresário Marcelo Odebrecht e cinco ex-funcionários das construtoras, segundo a imprensa brasileira.

Um relatório deu conta de um superfaturamento de 2,1 mil milhões de reais (579,85 milhões de euros), em contratos de obras na refinaria Abreu e Lima, da Petrobras, em Pernambuco.

A medida cautelar determina que cada uma das empresas e pessoas envolvidas tenha bloqueados bens no valor de 2,1 mil milhões de reais (579,85 milhões de euros).

Marcelo Odebrecht e Renato Duque, acusados de envolvimento no esquema de corrupção da petrolífera estatal, encontram-se detidos.

Em 2014, o Tribunal de Contas da União (TCU) tinha decidido bloquear os bens de José Sérgio Gabrielli, devido a irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, no Texas, nos Estados Unidos, pela Petrobras.

O relatório do TCU da altura isentou de responsabilidade os membros do conselho de administração da Petrobras, que na época era presidido por Dilma Rousseff, hoje Presidente da República com mandato suspenso.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.