sicnot

Perfil

Crise no Brasil

"Viola-se a democracia e pune-se uma inocente"

"Viola-se a democracia e pune-se uma inocente"

Dilma Rousseff apresentou esta segunda-feira a própria defesa perante o senado brasileiro, no âmbito do processo de destituição. A Presidente, com mandato suspenso, apela a que se faça justiça em nome da democracia. Dilma diz que se está a violar a demoracia e a punir uma inocente.

  • Dilma emociona-se perante o Senado
    1:53

    Crise no Brasil

    Dilma Rousseff chegou ao Senado acompanhada por Lula da Silva e recebida por centenas de apoiantes. Perante a sua defesa diz que não cometeu nenhum crime e repete que está a ser alvo de perseguição por parte das elites brasileiras, que não querem perder privilégios. A presidente suspensa do Brasil emocionou-se perante o Senado ao referir os Jogos Olímpicos como exemplo de capacidade empreendedora. O futuro de Dilma deve ser conhecido já nesta terça-feira.

  • O perfil de Dilma Rousseff
    2:47

    Crise no Brasil

    Dilma Rousseff nasceu há 68 anos em Belo Horizonte, numa família de classe média-alta. Foi ministra no governo liderado por Lula da Silva e há cinco assumiu a Presidência do Brasil.

  • "Os brasileiros estão cansados deste longo processo"
    2:10

    Crise no Brasil

    Dilma Rousseff discursou esta segunda-feira no processo de destituição. No Brasil, Ivani Flora diz que os brasileiros estão a acompanhar atentamente o julgamento no Senado e que a sensação é de que os brasileiros estão cansados do longo processo. Segundo a correspondente da SIC, a manifestação contra a corrupção arrefeceu entre a população e agora só resta esperar pelo fim do julgamento para saber a reação dos brasileiros.

  • "O discurso de Dilma Rousseff é um discurso de despedida"
    3:12

    Miguel Sousa Tavares

    Miguel Sousa Tavares diz que Dilma Rousseff, ao depôr esta segunda-feira no Senado, "fez bem a parte técnica" pois "usou bem a ideia de que não há fundamentos jurídicos" mas que o discurso da Presidente brasileira foi um "discurso de despedida. A Presidente do Brasil está suspensa e fala num ataque à democracia. Diz que não cometeu qualquer crime e que estão a tentar punir uma inocente.

  • Passos começou a fazer oposição

    Bernardo Ferrão

    É inegável a habilidade política de António Costa mas no caso da TSU e do acordo de Concertação Social só cai quem quer. A verdade dos factos é que o primeiro-ministro fechou um acordo sabendo que não o podia cumprir. E agora tenta desviar-nos o olhar para o PSD, como se fosse ele o culpado, quando o problema está na geringonça. Antes de atacar Passos, Costa devia resolver os problemas em casa com o PCP e BE.

    Bernardo Ferrão

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.