sicnot

Perfil

Novo Governo

Passos diz que próximo Governo deve ter maioria absoluta ganhe quem ganhar

Passos diz que próximo Governo deve ter maioria absoluta ganhe quem ganhar

Passos Coelho defendeu que o próximo Governo tem que ter estabilidade e que deve governar com maioria absoluta, ganhe a coligação ou o Partido Socialista. Em entrevista à TVI, o primeiro-ministro diz que, sem maioria, podem falhar várias tentativas de formar governo. Em todo o caso, lembra que há entendimentos inadiáveis na próxima legislatura e dá o exemplo da Segurança Social. Sublinha ainda que está de acordo com Cavaco Silva, que disse ser importante uma maioria parlamentar saída das próximas eleições.

  • Oposição critica declarações de Passos Coelho
    2:23

    País

    Os partidos da oposição criticaram as declarações do primeiro-ministro, esta noite, em entrevista à TVI. Pedro Passos Coelho defende que o próximo governo deve ter maioria absoluta, seja com uma vitória da coligação PSD-CDS ou do Partido Socialista.Acrescentou ainda que sem uma maioria, podem falhar várias tentativas de formar governo. PS, PCP e BE são unânimes, dizem que Passos Coelho procurou negar a realidade do país.

  • Cavaco apela a uma maioria nas legislativas de 4 de outubro
    2:31

    Novo Governo

    O Presidente da República considerou quarta-feira "desejável" que o próximo Governo disponha de apoio "maioritário e consistente" na Assembleia da República e seja "sólido, estável e douradouro" para prosseguir uma política que traga mais riqueza e mais justiça social. "É da maior importância que Portugal disponha de condições de estabilidade política e de governabilidade na próxima legislatura. Sem elas será muito difícil alcançar a melhoria do bem-estar a que os nossos cidadãos justamente aspiram", afirmou o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, numa comunicação ao país a propósito das próximas eleições legislativas, que marcou hoje para 04 de outubro.

  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.