sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

CDU disponível para ser Governo, garante Jerónimo

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse hoje que a CDU está disponível para integrar um futuro Governo, frisando que "a grande novidade" das eleições de outubro poderá ser o reforço eleitoral da coligação.

PAULO NOVAIS/LUSA

"Se o povo português quiser, estamos em condições de assumir responsabilidades, incluindo governativas, para defender os interesses dos trabalhadores e do povo", disse Jerónimo de Sousa, em Tábua, Coimbra, durante um almoço-convívio.

O líder comunista frisou que "a grande novidade" nas próximas eleições "pode ser o reforço da CDU", porque tem uma política alternativa, "patriótica e de esquerda", enquanto PSD, PS e CDS-PP "já se entenderam de todas as formas", em sucessivos governos.

Jerónimo de Sousa apelou ao voto na CDU, argumentando que "é preciso mais gente" a votar na coligação formada pelo PCP e partido ecologista "Os Verdes", e que esta força política "sempre soube honrar os seus compromissos".

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.