sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

CDU disponível para ser Governo, garante Jerónimo

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse hoje que a CDU está disponível para integrar um futuro Governo, frisando que "a grande novidade" das eleições de outubro poderá ser o reforço eleitoral da coligação.

PAULO NOVAIS/LUSA

"Se o povo português quiser, estamos em condições de assumir responsabilidades, incluindo governativas, para defender os interesses dos trabalhadores e do povo", disse Jerónimo de Sousa, em Tábua, Coimbra, durante um almoço-convívio.

O líder comunista frisou que "a grande novidade" nas próximas eleições "pode ser o reforço da CDU", porque tem uma política alternativa, "patriótica e de esquerda", enquanto PSD, PS e CDS-PP "já se entenderam de todas as formas", em sucessivos governos.

Jerónimo de Sousa apelou ao voto na CDU, argumentando que "é preciso mais gente" a votar na coligação formada pelo PCP e partido ecologista "Os Verdes", e que esta força política "sempre soube honrar os seus compromissos".

Lusa

  • Um dos conflitos mais sangrentos e esquecidos do planeta pelo olhar de uma portuguesa
    3:20

    Mundo

    A guerra do Congo, que opõe milícias rebeldes ao regime de Kabila, já dura há 20 anos e fez seis milhões de mortos, quatro milhões de deslocados internos e um número crescente de refugiados. Um dos conflitos mais sangrentos e esquecidos do planeta tem levado milhares de civis a passar a fronteira para Angola. A médica portuguesa Ana Paula Cruz testemunhou o drama silencioso dos congoleses nos campos de refugiados da Lunda Norte.

  • "Este é o elefante na sala sobre a saúde!"
    1:43

    País

    Catarina Martins acusa o Governo de estar alinhado com a direita na promoção de negócios privados na área da saúde. O Bloco de Esquerda quer uma nova lei de bases aprovada até ao final da legislatura e arrancou ontem com um ciclo nacional de sessões públicas para defender o Serviço Nacional de Saúde.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05