sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Voto antecipado por razões profissionais decorre entre 24 e 29 de setembro

Os eleitores que, por razões profissionais, não se possam deslocar à assembleia de voto no dia 04 de outubro podem pedir, junto da Câmara Municipal onde estão recenseados, para exercerem o voto antecipado entre os dias 24 e 29 de setembro.

Este direito é concedido a todos os eleitores que justifiquem a impossibilidade de se deslocarem à assembleia de voto, incluindo os jogadores de futebol, equipas técnicas e árbitros que participarão nos quatros jogos da I Liga portuguesa de futebol já marcados para o dia das legislativas.

Para requererem o voto antecipado é necessário que os eleitores se dirijam ao presidente da Câmara Municipal onde estão recenseados, entre os dias 24 e 29 de setembro, fazendo-se acompanhar do cartão, certidão ou ficha de eleitor, do documento de identificação e de um documento comprovativo do impedimento, emitido pelo superior hierárquico ou entidade patronal, ou outro documento que comprove o impedimento.

Contactado pela agência Lusa, o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE) alertou para o facto de os adeptos das equipas de futebol que têm jogos no dia das eleições não poderem exercer o voto antecipadamente.

"Vota antecipadamente todo o cidadão que não possa dirigir-se à assembleia de voto por razões profissionais, quem não é abrangido são os adeptos. Isso é que nos preocupa", afirmou João Almeida, admitindo que "uns milhares [de adeptos] não votam de certeza".

No dia 04 de outubro, na sétima jornada da I Liga, o Benfica irá deslocar-se à Madeira para defrontar o União da Madeira, o Arouca jogará em Braga contra o Sporting local, enquanto o Futebol Clube do Porto e Sporting jogam em casa contra o Belenenses e o Vitória de Guimarães, respetivamente.

Esta é a primeira vez que tal acontece em dia de eleições para a Assembleia da República.

Após o anúncio da realização dos jogos, a CNE defendeu que a realização de jogos de futebol em dia de eleições "não é proibido", mas "misturar as duas coisas poderá ser pouco sensato" e "não é recomendável".

Lusa

  • Lesados do Banif confiaram "num sistema que os aldrabou"
    2:00
  • "Octávio Machado foi a terceira escolha" para o cargo
    2:01
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • Direita acusa presidente da Assembleia da República de não estar à altura do cargo
    2:06

    País

    O presidente da Assembleia da República está a ser novamente criticado pela oposição. Numa entrevista à Antena 1, Eduardo Ferro Rodrigues disse que não queria falar sobre o caso Galpgate para não causar espasmos à direita. Na reação, o CDS diz que a segunda figura do Estado deve abandonar as trincheiras partidárias. A direita acusa ainda que o presidente da Assembleia de não estar à altura do cargo.

  • "Sempre me senti em casa em Portugal"
    1:11