sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Voto antecipado por razões profissionais decorre entre 24 e 29 de setembro

Os eleitores que, por razões profissionais, não se possam deslocar à assembleia de voto no dia 04 de outubro podem pedir, junto da Câmara Municipal onde estão recenseados, para exercerem o voto antecipado entre os dias 24 e 29 de setembro.

Este direito é concedido a todos os eleitores que justifiquem a impossibilidade de se deslocarem à assembleia de voto, incluindo os jogadores de futebol, equipas técnicas e árbitros que participarão nos quatros jogos da I Liga portuguesa de futebol já marcados para o dia das legislativas.

Para requererem o voto antecipado é necessário que os eleitores se dirijam ao presidente da Câmara Municipal onde estão recenseados, entre os dias 24 e 29 de setembro, fazendo-se acompanhar do cartão, certidão ou ficha de eleitor, do documento de identificação e de um documento comprovativo do impedimento, emitido pelo superior hierárquico ou entidade patronal, ou outro documento que comprove o impedimento.

Contactado pela agência Lusa, o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE) alertou para o facto de os adeptos das equipas de futebol que têm jogos no dia das eleições não poderem exercer o voto antecipadamente.

"Vota antecipadamente todo o cidadão que não possa dirigir-se à assembleia de voto por razões profissionais, quem não é abrangido são os adeptos. Isso é que nos preocupa", afirmou João Almeida, admitindo que "uns milhares [de adeptos] não votam de certeza".

No dia 04 de outubro, na sétima jornada da I Liga, o Benfica irá deslocar-se à Madeira para defrontar o União da Madeira, o Arouca jogará em Braga contra o Sporting local, enquanto o Futebol Clube do Porto e Sporting jogam em casa contra o Belenenses e o Vitória de Guimarães, respetivamente.

Esta é a primeira vez que tal acontece em dia de eleições para a Assembleia da República.

Após o anúncio da realização dos jogos, a CNE defendeu que a realização de jogos de futebol em dia de eleições "não é proibido", mas "misturar as duas coisas poderá ser pouco sensato" e "não é recomendável".

Lusa

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Portugal compromete-se a enviar profissionais de saúde para África
    2:39
  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Karlie Kloss, o "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59