sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Boicote às eleições na Covilhã terminou às 9:15

A mesa de voto na Escola da Erada, concelho da Covilhã, abriu às 09:15, depois de a GNR ter retirado, às 08:40, o cadeado que impedia o acesso ao local.

SIC

Este boicote às eleições está relacionada com o encerramento daquele estabelecimento de ensino.

No local estão ainda cerca 10 de pessoas, que compõem o que dizem ser um "protesto pacífico".

"Se a mesa de voto abrir não impediremos ninguém de votar, mas nós não o faremos porque se esta escola não serve para estudar, também não serve para votar", disse Sara Fonseca, uma das pessoas que se juntou à ação de protesto.

Entretanto, os membros que compõem à mesa de voto eleitoral, que tem 715 votantes inscritos, aguardavam pelas 08:05 a chegada das autoridades.

"Encontramos o portão fechado a cadeado e, naturalmente, não conseguimos entrar, por isso, vamos esperar que a GNR e depois veremos se a situação se resolve e se haverá condições para abrir a mesa de voto ", disse à agência Lusa, Flávio Antunes, presidente da mesa de voto

A escola, que este ano poderia ter 17 alunos, foi encerrada no ano letivo de 2013/2014, medida governamental que foi e continua a ser contestada.

"O nosso objetivo é que reabram a escola, mas também queremos que nos expliquem porque é que esta escola fechou e outras que tinham menos alunos continuam a funcionar", acrescentou Marta Sousa, mãe de duas crianças, uma das quais a frequentar o primeiro ano do ensino básico.

Rui Machial, outro dos presentes, destaca o facto de este ano letivo não ter sido encerrada mais nenhuma escola no concelho, isto apesar de várias terem estado sinalizadas: "Não estamos aqui para pedir que as outras escolas fechem, mas também não podemos deixar de dar conta, que em ao de eleições essas medidas foram suspensas".

Vestidos de preto em sinal de luto, e com folhas que colocaram no local em que pedem "igualdade", os manifestantes recordam argumentos antigos, designadamente o facto de as crianças serem obrigadas a andar de transportes diariamente para irem para a escola de acolhimento, que fica a cerca de cinco quilómetros.

Garantem ainda que a decisão não se traduziu numa poupança, já que é necessário assegurar transportes e alimentação para as 17 crianças.

Mais de 9,6 milhões de eleitores são hoje chamados a votar para a escolha de 230 deputados à Assembleia da República, resultado que ditará também a escolha de um futuro Governo.

A estas eleições concorrem 16 forças políticas, das quais três são coligações e as restantes 13 partidos.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.