sicnot

Perfil

Novo Governo

Costa criticou Seguro depois de vantagem escassa nas eleições de 2014

Costa criticou Seguro depois de vantagem escassa nas eleições de 2014

Há ano e meio, depois das Europeias, e ainda com seguro à frente do PS, António Costa foi bastante duro com os resultados conseguidos. Os socialistas ganharam, mas com uma pequena margem em relação aos partidos de direita. Disse Costa, numa altura em que estava a concorrer contra Seguro, que "quem ganha por poucochinho é capaz de poucochinho".

  • Jorge Coelho assume que PS teve resultado longe do que pediu
    2:55

    Novo Governo

    Numa reação ao que sai destas eleições, Pacheco Pereira disse que este é o pior cenário para António Costa. Já Lobo Xavier afirmou que o resultado da coligação superou as melhores expetativas. Na Quadratura do Círculo especial, o socialista Jorge Coelho disse que Costa foi moderado, mas reconheceu que esperava mais do PS.

  • António Costa rejeita acordo com Esquerda para "maioria do contra"
    1:56

    Novo Governo

    António Costa não se demite apesar da derrota eleitoral. O secretário-geral do PS assume todas as responsabilidades pelos resultados e diz que agora é tempo de analisar o que aconteceu. O socialista afirma ainda que compete à maioria formar Governo e rejeita um acordo com a Esquerda para fazer parte de uma maioria do contra.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06