sicnot

Perfil

Novo Governo

Ferro Rodrigues diz que "interessa é ser eleito" presidente da AR

Ferro Rodrigues diz que "interessa é ser eleito" presidente da AR

Ferro Rodrigues diz que "interessa é ser eleito", não importa quantas voltas possa ter a eleição do presidente da Assembleia da República (AR). O socialista diz que está confiante e preparado para qualquer eventualidade, seja qual for o cenário que se segue no Parlamento. A eleição acontece hoje à tarde.

  • "Acho que tenho qualidades para ser presidente da Assembleia da República"
    0:44

    País

    A Assembleia da República reúne-se hoje e elege o presidente do parlamento, com dois candidatos anunciados a disputar o lugar, o socialista Ferro Rodrigues e o social-democrata Fernando Negrão, uma situação que não acontecia desde 1991. O deputado do PSD insiste que em 40 anos de democracia, o presidente da Assembleia da República saiu sempre do partido vencedor das eleições. O candidato proposto pelo PSD sublinha que tem qualidades para exercer o cargo e deixa um apelo aos deputados de todas as bancadas.

  • Novo Parlamento reúne-se para eleger presidente da AR

    País

    A Assembleia da República (AR) reúne-se hoje e elege o presidente do parlamento, com dois candidatos anunciados a disputar o lugar, o socialista Ferro Rodrigues e o social-democrata Fernando Negrão, uma situação que não acontecia desde 1991.

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41