sicnot

Perfil

Novo Governo

Ferro Rodrigues diz que "interessa é ser eleito" presidente da AR

Ferro Rodrigues diz que "interessa é ser eleito" presidente da AR

Ferro Rodrigues diz que "interessa é ser eleito", não importa quantas voltas possa ter a eleição do presidente da Assembleia da República (AR). O socialista diz que está confiante e preparado para qualquer eventualidade, seja qual for o cenário que se segue no Parlamento. A eleição acontece hoje à tarde.

  • "Acho que tenho qualidades para ser presidente da Assembleia da República"
    0:44

    País

    A Assembleia da República reúne-se hoje e elege o presidente do parlamento, com dois candidatos anunciados a disputar o lugar, o socialista Ferro Rodrigues e o social-democrata Fernando Negrão, uma situação que não acontecia desde 1991. O deputado do PSD insiste que em 40 anos de democracia, o presidente da Assembleia da República saiu sempre do partido vencedor das eleições. O candidato proposto pelo PSD sublinha que tem qualidades para exercer o cargo e deixa um apelo aos deputados de todas as bancadas.

  • Novo Parlamento reúne-se para eleger presidente da AR

    País

    A Assembleia da República (AR) reúne-se hoje e elege o presidente do parlamento, com dois candidatos anunciados a disputar o lugar, o socialista Ferro Rodrigues e o social-democrata Fernando Negrão, uma situação que não acontecia desde 1991.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.