sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

UGT considera que o executivo tem "noção" do "prazo de validade"

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva considerou hoje que o Governo tem a "noção" do "prazo de validade" que vai ter pela frente, razão pela qual apostou numa "certa continuidade" da maioria dos ministros que o compõem.

Lusa/Arquivo

Lusa/Arquivo

Lusa

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva considerou hoje que o Governo tem a "noção" do "prazo de validade" que vai ter pela frente, razão pela qual apostou numa "certa continuidade" da maioria dos ministros que o compõem.

"Há uma certa continuidade da maior parte dos seus elementos que também se pode traduzir por uma noção de que há um prazo de validade para que o Governo funcione", disse o dirigente sindical, em declarações à agência Lusa.

"Todo o país tem consciência de que o PS e os partidos à sua esquerda têm estado em negociações, já anunciaram publicamente a apresentação de moções de rejeição e, portanto, na discussão do programa de Governo que será a 09 ou 10 de novembro, haverá quase de certeza uma maioria parlamentar que irá chumbar o programa do Governo e, portanto, este Governo estará a prazo", acrescentou.

Carlos Silva, que falava à Lusa à margem da inauguração da nova sede da UGT em Portalegre, sublinhou, no entanto, que a UGT tem vindo a afirmar "por várias vezes" que não faz qualquer comentário quanto à composição do elenco governativo, acrescentando que o que "importa" são as políticas.

Pedro Passos Coelho foi hoje empossado primeiro-ministro do XX Governo Constitucional, pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, durante uma cerimónia no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

Na cerimónia, o Presidente da República afirmou que o executivo de Pedro Passos Coelho tem plena legitimidade constitucional, reiterando que em 40 anos de democracia a responsabilidade de governar sempre coube a quem ganhou as eleições.

O secretário-geral da UGT considerou por sua vez que o discurso do Presidente da República resultou de uma "forma menos crispada", em relação ao último que tinha feito ao país, observando ainda que Cavaco Silva fez um discurso assente num conjunto de necessidades que considera (Presidente da República) importantes para Portugal.

"O senhor Presidente da República hoje, de uma forma menos crispada do que a última intervenção que teve perante o país, manteve a tónica num conjunto de necessidades, que ele entende que são necessidades para qualquer governo a quem ele dê posse, que garanta um conjunto de compromissos e estratégias, vamos aguardar para ver", disse.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.