sicnot

Perfil

Novo Governo

Esquerda mais perto do acordo, Costa explica na SIC

HOJE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

Esquerda mais perto do acordo, Costa explica na SIC

O país vai ficar hoje a saber se existe uma alternativa de esquerda. António Costa vai explicar as negociações, numa entrevista exclusiva à SIC e SIC Notícias, a partir das 20:00. O PS já terminou com sucesso o diálogo com o Bloco. Falta agora chegar a um acordo com os Verdes e PCP, como quem os socialistas já têm um acordo nas matérias técnicas e programáticas. Da parte dos comunistas tem havido alguma resistência, acima de tudo no que diz respeito a um acordo político.

António Costa vem hoje ao Jornal da Noite da SIC. O secretário-geral socialista é entrevistada por Ana Lourenço, a propósito do eventual acordo da esquerda para uma solução alternativa de governo. A entrevista, transmitida em simultâneo no Jornal da Noite da SIC e na SIC Notícias, é o momento escolhido pela direção do PS para prestar todos os esclarecimentos sobre um possível acordo com o Bloco de Esquerda e o PCP. A entrevista terá também transmissão em direto online, aqui no site da SIC Notícias.

  • Assis admite candidatura à liderança do PS
    1:32

    Novo Governo

    Francisco Assis admite candidatar-se à liderança do PS. Esta noite junta na Mealhada os críticos das negociações com o Bloco de Esquerda e PCP. O objetivo é reunir os deputados socialistas que estão contra o rumo seguido pelo secretário-geral do partido, antes da Comissão Política agendada para o próximo domingo.

  • João Galamba deixa de ser porta-voz do PS

    País

    João Galamba vai deixar de ser porta-voz do PS e de integrar a comissão permanente do partido. A nova porta-voz dos socialistas vai ser Maria Antónia Almeida Santos, que já integrava a comissão independente, órgão de direção política do PS.

  • Mariano Rajoy não vai convocar eleições antecipadas
    1:24

    Mundo

    O governo espanhol está por um fio por causa de um processo de corrupção a envolver dirigentes do PP. O PSOE apresentou uma moção de censura e o Ciudadanos pede eleições antecipadas. O chefe do governo, Mariano Rajoy, já disse que não vai convocar eleições.