sicnot

Perfil

Novo Governo

Comissão Nacional do PS aprova programa de governo socialista por esmagora maioria

Comissão Nacional do PS aprova programa de governo socialista por esmagora maioria

A comissão Nacional do PS aprovou, por esmagadora maioria, o programa de um governo em acordo com o Bloco de Esquerda e o PCP. Ainda assim, António Costa conmntinua a aguardar uma decisão dos comunistas, sobre um compromisso político para toda a legislatura.

  • António Costa confirma que acordo com Os Verdes está fechado
    0:39

    Novo Governo

    A Comissão Nacional do PS aprovou por larga maioria o programa de Governo concertado com o Bloco de Esquerda, o PCP e Os Verdes com 163 votos a favor, sete votos contra e duas abstenções. Há momentos, à saída da reunião, António Costa também confirmou que o acordo com Os Verdes está concluído. Falta agora apenas fechar o acordo com o PCP, que fica para já à espera da reunião do Comité Central que decorre este domingo.

  • António Costa garante que negociou com gente séria
    3:51

    Novo Governo

    Na Comissão Nacional do PS, António Costa garantiu que negociou com "gente séria que não vende a sua identidade". O líder do Partido socialista voltou a dizer que só está disponível para ser primeiro-ministro se tiver condições para uma legislatura completa.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.