sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Lobo Xavier considera "utópico e estático" programa do PS

O antigo deputado do CDS, António Lobo Xavier, caracterizou hoje o programa do PS como "utópico e estático" e assumiu esperar que um governo de esquerda não dure os quatro anos da legislatura.

"Já havia algum afastamento da realidade quanto ao programa base do PS, quanto mais agora, parece-me completamente utópico e estático. Não mede o efeito negativo que na economia vai ter só este período, este começo em que estamos", afirmou o advogado à margem da apresentação do livro "Jovens e a Política" do social-democrata José Miguel Bettencourt.

Para o centrista, o programa do PS não contempla "o efeito sobre os juros, o efeito sobre o investimento" do presente quadro político pelo que "parece uma grande utopia".

"Este programa, pelo menos na parte em que o conhecemos, é muito menos parecido com o programa do PS do que o programa da maioria, incluindo as medidas que foram propostas do programa do PS", destacou Lobo Xavier para quem "os programas não valem nada porque as pessoas, por razão de poder, podem desistir completamente".

Disse ainda que "mais do que a questão da legitimidade, estamos a assistir a uma certa degradação do modo como os eleitos enfrentam os eleitores e respeitam as campanhas e o esclarecimento da opinião pública".

Quanto ao acordo feito entre PS, PCP, BE e PEV, Lobo Xavier acredita que "a política subjacente a esta coligação de esquerda é uma política profundamente errada que vai produzir um atraso no desenvolvimento de Portugal, que vai fazer campeada a demagogia desenfreada [e] vai trazer velhos hábitos".

"Não posso falar de esperanças de quatro anos, espero que não dure quatro anos", atirou o também comentador que disse desconhecer o conteúdo do compromisso entre os quatro partidos pelo que optou por apenas "manifestar" a sua vontade de que "não seja" para durar.

Lobo Xavier assinalou que "apesar de haver um acordo no parlamento" não acredita que seja "de estabilidade" e teme que "coloque Portugal nos velhos hábitos e volte atrás com boa parte do esforço que foi feito neste últimos quatro anos".

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.