sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Editorial do El Mundo diz que Cavaco deve dar posse a Governo de esquerda

O diário espanhol El Mundo escreve hoje em editorial que o Presidente da República "deve respeitar a maioria da aliança de esquerda" em Portugal, mas alerta quanto a um eventual regresso "ao descontrolo das contas públicas".

elmundo.es

O jornal recorda que o Governo de Passos Coelho foi derrubado "apenas 11 dias depois da sua constituição", "mediante uma moção que pôs em evidência que os conservadores não contam com uma maioria parlamentar suficiente" e recorda o papel de Cavaco Silva ao indigitar o primeiro-ministro.

"Extravasando as funções de neutralidade exigidas pelo cargo, o Chefe de Estado português fez finca-pé em que o seu correligionário Passos Coelho formasse Governo. Neste momento, Cavaco tem duas opções: manter um executivo em funções até que se possam fazer novas eleições - nunca antes de junho de 2016 - ou indigitar um Governo da esquerda", escreve o diário espanhol.

Para o El Mundo, "as regras do sistema parlamentar português e o respeito ao resultado das urnas exigem que Cavaco opte por esta segunda opção".

No entanto, o jornal aponta que existe uma questão completamente diferente: o futuro de Portugal com um executivo "formado por uma heterogénea amálgama de partidos" [PS, PCP, Bloco de Esquerda e Os Verdes].

"É a primeira vez desde 1975 que os socialistas se põem de acordo com a extrema-esquerda e isso provocou o receio dos mercados sob a forma de pressão sobre a dívida e quedas da bolsa em Lisboa", adianta o El Mundo.

Entre as medidas acordadas pelas forças de esquerda, recorda o jornal, destacam-se "a reposição integral dos cortes salariais aos funcionários, um aumento gradual do salário mínimo dos 505 euros atuais para os 600 euros em 2019, atualizar as pensões e anular várias privatizações".

"Parece difícil, com este programa, cumprir os objetivos de défice fixados pela UE", diz o El Mundo, recordando que "Portugal foi resgatado pela Troika em 2011 ao receber 78 mil milhões de euros".

"Desde então, reduziu o seu défice público de 11% para 4,5% e saiu de uma recessão para registar um crescimento de 0,9% em 2014. O maior perigo agora para a economia lusa é que o regresso da esquerda ao poder, ainda que legítima, implique o regresso ao descontrolo nas contas públicas", conclui.

Lusa

  • Partidos vão apresentar propostas alternativas à descida da TSU
    2:52

    TSU

    O Presidente da República defende a redução da Taxa Social Única mas deixa a porta aberta a outra via para compensar o aumento do salário mínimo. PCP e Bloco de Esquerda insistem que não pode haver contrapartidas que estimulem os salários baixos mas admitem outras formas de aliviar as empresas. À direita, também o CDS irá apresentar propostas.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.