sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Cavaco Silva recebe amanhã presidentes dos principais bancos

O Presidente da República vai receber na quarta-feira os presidentes dos principais bancos portugueses. Cavaco Silva reúne-se com os banqueiros, no seguimento das consultas que tem feito sobre a formação do próximo Governo.

HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

As audiências, no âmbito das consultas sobre a formção do Governo, irão decorrer no Palácio de Belém, em Lisboa.

O Chefe de Estado está ainda na Madeira, onde começou ontem uma visita de dois dias no âmbito da iniciativa 'Roteiro para uma Economia Dinâmica".

Na semana passada, Cavaco Silva realizou audiências com confederações patronais, associações empresariais e centrais sindicais, contactos que iniciou na sequência da rejeição do Programa do Governo PSD/CDS-PP.

Das nove entidades ouvidas, duas defenderam claramente eleições antecipadas (Confederação do Agricultores e Fórum para a Competitividade) e duas pronunciaram-se explicitamente a favor de um Governo PS (as centrais sindicais UGT e CGTP), enquanto as restantes não apontaram claramente a solução que defendem.

O valor da estabilidade foi destacado pela Confederação Empresarial de Portugal (CIP), a Confederação do Turismo de Portugal (CTP) e a Associação das Empresas Familiares, com esta última a dizer que considera apenas dois cenários - um Governo minoritário do PS ou um Governo de iniciativa presidencial.

Alguns parceiros sociais alertaram ainda para o risco dos acordos à esquerda do PS com BE, PCP e PEV esvaziarem a concertação social, como a CIP, ou o Conselho Económico e Social (CES), cujo presidente manifestou a sua preferência por um Governo "ao centro", tal como a CTP.

A Confederação de Comércio e Serviços (CCP) disse não simpatizar com um Governo de gestão.

Com Lusa

  • Costa diz que não faltam razões a Cavaco para dar posse a governo PS
    2:55

    Novo Governo

    António Costa admitiu que o envolvimento de militares portugueses pode não ser a participação mais adequada do país, no âmbito de uma resposta internacional ao terrorismo. Em entrevista à RTP, esta segunda-feira, o líder socialista acusou ainda Passos Coelho de usar palavras incendiárias sobre o estado do país e sublinhou, várias vezes, que não faltam razões ao Presidente da República para dar posse a um governo do PS.

  • Governo lança linha de crédito de 100 M€ para empresas situadas no interior

    País

    As políticas de valorização do interior, tema escolhido pelo primeiro-ministro, António Costa, abriram o debate quinzenal na Assembleia da República. O primeiro-ministro anunciou que o Governo vai lançar uma linha de crédito de 100 milhões de euros destinada exclusivamente a pequenas e microempresas empresas situadas no interior, a par da reprogramação do Portugal 20/20.

    Direto

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.