sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

PSD é o primeiro partido a ser ouvido amanhã por Cavaco

O PSD será o primeiro partido a ser ouvido esta sexta-feira pelo Presidente da República, seguindo-se as restantes forças políticas com assento parlamentar, da mais votada para à menos votada.

TIAGO PETINGA

A audiência com os sociais-democratas está marcada para as 9:30, seguindo-se pelas 10:30 o PS e, às 11:30, o BE. O último partido a ser ouvido durante a manhã será o CDS-PP, às 12:30.

À tarde, o primeiro encontro do chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, será com o PCP, às 15:30. Pelas 16:30, Cavaco Silva irá receber o Partido Ecologista Os Verdes, e para as 17:30 está agendada a última audiência, com o partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN).

Desde a semana passada, o Presidente da República já recebeu em Belém mais de 20 entidades, na sequência da aprovação a 10 de novembro de uma moção de rejeição ao programa do Governo. A aprovação do documento, com o voto de toda a oposição, implicou a demissão do executivo de coligação PSD/CDS-PP, liderado por Pedro Passos Coelho.

O chefe de Estado começou por ouvir, em nove audiências separadas, as confederações patronais, as associações empresariais e as centrais sindicais. Já esta semana, na quarta-feira, recebeu, em sete audiências separadas, os presidentes dos principais bancos a operar em Portugal e o presidente da Associação Portuguesa de Bancos.

Hoje o chefe de Estado está a receber sete economistas, além do Governador do Banco de Portugal.

Com Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.