sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Primeiro dia de debate do programa do Executivo fecha após 6 horas de trabalho

O primeiro dia de debate do programa do XXI Governo constitucional fechou hoje cerca das 21:00, tendo durado aproximadamente seis horas e sendo retomado amanhã de manhã.

Lusa

Lusa

MIGUEL A. LOPES

A discussão no Parlamento iniciou-se com a apresentação do programa do Governo pelo primeiro-ministro, António Costa, e por entre várias intervenções de deputados e outras tantas respostas do governante, houve também tempo para o ministro das Finanças, Mário Centeno, falar no hemiciclo.

Foi precisamente o titular da pasta das Finanças que fechou o primeiro dia de discussão do debate, estando agendado o retomar dos trabalhos para as 10:00 de quinta-feira.

PSD e CDS-PP apresentam uma moção de rejeição conjunta, que é votada no final do debate (previsivelmente na tarde de quinta-feira) e que será chumbada pela mesma maioria de esquerda que aprovou a moção de rejeição ao Programa do XX Governo Constitucional, o que levou à sua queda, a 10 de novembro passado.

A discussão do Programa do XXI Governo Constitucional decorre 59 dias após as eleições legislativas de 4 de outubro, após o executivo socialista liderado por António Costa ter tomado posse na passada quinta-feira.

Lusa

  • Incêndio de Setúbal "quase dominado"
    4:04

    País

    O incêndio que deflagrou segunda-feira em Setúbal está "quase dominado", segundo informações da presidente da Câmara. Maria das Dores Meira diz que não há feridos a registar e que os habitantes já vão regressando a casa. Para ajudar no combate ao fogo foram enviados meios de Lisboa.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.