sicnot

Perfil

Liga Europa

Liga Europa

Liga Europa 2015/2016

Sá Pinto garante Belenenses motivado na Liga Europa

O treinador do Belenenses afirmou hoje que a goleada sofrida frente ao Benfica não vai prejudicar a equipa e garantiu total motivação para a estreia no Grupo I da Liga Europa de futebol, diante do Lech Poznan.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

LUSA

Ricardo Sá Pinto, que fazia antevisão da partida de quinta-feira, na Polónia, deu a entender que o recente desaire (6-0) na Luz, para o campeonato, não vai ter qualquer influência no jogo com o campeão polaco.

"Estamos numa competição diferente e estamos pela primeira vez na fase de grupos, ao contrário do Lech Poznan, que vem de uma pré-eliminatória da 'Champions'. É a primeira vez que vamos disputar esta fantástica competição e estamos naturalmente motivados e concentrados", afirmou, em conferência de imprensa.

O técnico destacou a "experiência e qualidade" do adversário, salientando que o Lech Poznan "está a apostar forte na Liga Europa", depois de um começo desastroso no campeonato da Polónia, em que ocupa o penúltimo lugar, após oito jornadas.

"Teremos de ser organizados, concentrados, agressivos defensiva e ofensivamente, para termos possibilidade de jogar o nosso jogo, com a ambição de lutar pelos três pontos, que tem sido a imagem da nossa equipa", adiantou.

Por seu lado, o experiente defesa Tonel, um dos totalistas dos 'azuis' neste arranque de temporada, considerou que o Belenenses continua a ser um 'outsider' na prova e que "a responsabilidade está do outro lado".

"Estamos na fase de grupos e agora há que desfrutar e aproveitar, mas isso não quer dizer que nos vamos desleixar. Vamos ser rigorosos, competentes e honrar a camisola que vestimos", disse.

O central, de 35 anos, garantiu que a derrota com o Benfica "foi um acidente" que já "ficou para trás" e que o Belenenses vai encarar o jogo com o Lech Poznan "com competência, seriedade e aproveitando o momento".

Belenenses e Lech Poznan jogam na quinta-feira, a partir das 20:05 (hora portuguesa), numa partida que será dirigida pelo ucraniano Serhiy Boiko.

Lusa