sicnot

Perfil

Liga Europa

Liga Europa

Liga Europa 2015/2016

Dmitri Tarasov multado em 5 mil euros por mostrar camisola com imagem de Putin

A UEFA multou em 5.000 euros o futebolista russo Dmitri Tarasov, do Lokomotiv Moscovo, por este ter mostrado uma camisola com a imagem do presidente russo, Vladimir Putin, no final do encontro com o Fenerbahçe, da Liga Europa.

© Murad Sezer / Reuters

"A comissão de Ética da UEFA tomou a decisão de multar o jogador do FC Lokomotiv Dimitri Tarasov em 5.000 euros", refere a UEFA em comunicado, reportando-se a um jogo disputado com a equipa orientada pelo português Vítor Pereira, a 17 de fevereiro, em Istambul.

No final do encontro da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa -- que os russos perderam por 2-0 , Tarasov mostrou uma camisola com uma imagem de Putin com uma farda militar e com a frase 'o presidente mais cortês'".

A expressão "gente cortês" foi utilizada pelas autoridades russas para identificar os militares russos que tomara instalações estratégicas na península ucraniana da Crimea, entretanto anexada por Moscovo.

"É o meu presidente, respeito-o e decidi mostra que estou sempre com ele e disposto a defendê-lo", disse o jogador, que hoje completa 28 anos.

O artigo 14 do regulamento disciplinar da UEFA proíbe "todas as formas de propaganda política, ideológica e religiosa".

O Fenerbahçe, onde alinham os portugueses Nani, Raul Meireles e Bruno Alves, acabou por garantir passagem os oitavos de final, tendo sido quinta-feira afastado da passagem aos quartos pelo Sporting de Braga.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.