sicnot

Perfil

Manoel de Oliveira

Manoel de Oliveira

Manoel de Oliveira

Governo decreta dois dias de luto nacional

O governo português anunciou esta quinta-feira que vai decretar dois dias de luto nacional, hoje e sexta feira, pela morte do cineasta Manoel de Oliveira.

2005 - O cineasta português Manoel de Oliveira é condecorado com a Legião de Honra de França.

2005 - O cineasta português Manoel de Oliveira é condecorado com a Legião de Honra de França.

© Jean-Paul Pelissier / Reuters

O gabinete do primeiro-ministro informou ainda que Pedro Passos Coelho irá estar presente no funeral de Manoel de Oliveira, que se realiza na sexta-feira, no Porto.

As últimas ocasiões em que o Governo tinha decretado luto nacional foram no ano passado, em duas ocasiões: em março, um dia de luto nacional pela morte do cardeal José Policarpo e em janeiro, três dias de luto nacional pela morte do antigo futebolista Eusébio.

A Câmara Municipal do Porto, assim como a Universidade do Algarve (instituição pela qual Oliveira era Doutor Honoris Causa) anunciaram também  que vão decretar três dias de luto municipal e académico respetivamente, pela morte do cineasta.

O realizador português Manoel de Oliveira morreu hoje aos 106 anos, no Porto.

O funeral do cineasta realiza-se sexta-feira, às 15:00, na igreja de Cristo Rei, Porto, estando o corpo a partir desta quinta-feira, às 18:00, no salão do Convento dos Padres Dominicanos.

Manoel Cândido Pinto de Oliveira, nascido a 11 de Dezembro de 1908, no Porto, era o mais velho realizador do mundo em atividade.

O último filme do cineasta foi a curta-metragem "O velho do Restelo", "uma reflexão sobre a Humanidade", estreada em dezembro passado, por ocasião do 106.º aniversário.


Com Lusa

  • Enfermeiros dizem que suplemento de 150 € não é suficiente para acordo
    0:57

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros diz que há um avanço nas negociações com o Governo. Esta terça-feira à tarde, uma delegação do Ministério das Finanças esteve numa reunião que decorreu no Ministério da Saúde. Apesar disso, o presidente do sindicato, José Azevedo, explicou à SIC que a proposta do executivo de pagar mais 150 euros aos enfermeiros especializados não é suficiente para chegarem a acordo.

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC