sicnot

Perfil

Marcelo sucede a Cavaco

Presidente recebido por banho de multidão no Cerco

Presidente recebido por banho de multidão no Cerco

À chegada ao bairro do Cerco, um dos mais pobres do Porto, Marcelo Rebelo de Sousa foi hoje recebido por mais um banho de multidão. O relato é do repórter da SIC, António Cancela.

  • Momento hip hop de Marcelo no bairro do Cerco
    0:24

    Marcelo sucede a Cavaco

    O Presidente da República foi hoje recebido por centenas de pessoas no bairro do Cerco, no Porto, com beijos, aplausos e pedidos da população ao som de hip hop. "Marcelo aumenta o rendimento mínimo" ou "quero uma casa" foram algumas das frases que se ouviram quando Marcelo Rebelo de Sousa chegou ao Cerco, na zona oriental da cidade, acompanhado pelo presidente do município, Rui Moreira. Na despedida, Marcelo brindou os moradores com um momento único. O Presidente da República dirigiu-se ao populares a partir do palco e cantou alguns versos em versão hip hop, numa homenagem aos habitantes do bairro do Cerco.

  • Marcelo abraçado pela multidão no Porto
    3:06

    Marcelo sucede a Cavaco

    Foi um banho de multidão que rodeou o Presidente da República, há instantes no Porto, no final da cerimónia na Câmara, onde Marcelo Rebelo de Sousa encerrou as cermónias da tomada de posse. À saída, quebrou o protocolo e foi mergulhar na multidão, um momento inédito num Presidente e testemunhado pelo repórter Miguel Mota.

  • Marcelo diz que é tempo de "falar mais" do que valoriza Portugal
    1:49

    País

    Marcelo rebelo de Sousa foi recebido pelo presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira. O autarca pediu ao Presidente da República que lutasse contra as desigualdades, injustiças e o centralismo. No terceiro e último dia das cerimónias de tomada de posse, Marcelo voltou a defender a ideia de que as crises não são o único horizonte possível para Portugal.

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41