sicnot

Perfil

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Morreu Mário Soares

Direto

O antigo Presidente da República Mário Soares faleceu este sábado no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde estava internado há mais de três semanas. Tinha 92 anos. O Governo decretou três dias de luto nacional, o funeral realiza-se na terça-feira.

Direto

Última atualização às 19:01

Mário Soares morreu este sábado por volta das 15:30. Estava hospitalizado desde dia 13 de dezembro, no Hospital da Cruz Vermelha. Chegou a ser transferido no dia 22 dos Cuidados Intensivos para a unidade de internamento em regime reservado, depois de sinais de melhoria do estado de saúde. No entanto, na véspera de Natal, um agravamento súbito da situação clínica obrigou ao regresso à Unidade dos Cuidados Intensivos, onde permaneceu, em coma profundo.

O Governo decretou três dias de luto nacional e honras de funerais de Estado. Em Nova Deli, na Índia, o primeiro-ministro destacou Mário Soares como o rosto e a voz da liberdade. Ainda assim, António Costa não vai interromper a visita de estado à Índia.

Uma reunião de representantes da família Soares com o protocolo de Estado estava prevista para as 19:00 e outra entre os líderes partidários, por volta das 20:00, irão definir quais as homenagens que irão ser feitas ao antigo Presidente da República.

As cerimónias deverão começar na segunda-feira e o funeral decorre no dia seguinte. Entretanto, o corpo de Mário Soares já saiu do hospital para a funerária.

Soares nasceu a 7 de dezembro de 1924, na cidade de Lisboa. Foi primeiro-ministro e Presidente da República, depois de emergir para o combate político ainda durante a juventude e de se afirmar como uma das principais figuras da luta contra o Estado Novo, que lhe valeu o exílio até ao 25 de abril de 1974.

Polémico e ciente do seu próprio estatuto, Mário Soares construiu-se e edificou-se como símbolo nacional de resistência e liberdade, para muitos.

  • Soares, advogado e (animal) político
    2:37

    Mário Soares 1924-2017

    Mário Soares emergiu em pleno para o combate político ainda durante a sua juventude. Licenciado em Direito, o jovem Soares usou a sua formação académica em prol dos que lutavam contra o antigo regime. A luta valeu-lhe a perseguição política e uma vida feita de sobressaltos e exílio. Foi apoiante das candidaturas presidenciais de Norton de Matos e Humberto Delgado e foi conquistando estatuto dentro e fora de portas, culminando na fundação do Partido Socialista.

  • Soares e a fundação do PS
    2:35

    Mário Soares 1924-2017

    Mário Soares foi o primeiro secretário-geral do Partido Socialista. Fundada em 1973, a nova força partidária viria a dar cartas no Portugal de antes e pós-25 de Abril. Um ano antes da Revolução dos Cravos, e sob a égide de Soares, o PS foi dos principais contestatários da visita que Marcello Caetano efetuou a Londres. O líder recém-eleito esteve entre os manifestantes que protestaram frente à embaixada de Portugal na capital britânica.

  • O regresso de Soares a Portugal após o 25 de abril
    3:46

    Mário Soares 1924-2017

    Por força das circunstâncias, Mário Soares assistiu fora de Portugal ao Movimento dos Capitães de Abril. Três dias depois da revolução, regressou ao país novo, envolto num banho de multidão que o acolheu vindo de Paris. Era o início de um longo e inédito protagonismo no Portugal democrático.

  • Soares, primeiro-ministro
    5:02

    Mário Soares 1924-2017

    Não foram fáceis os tempos em que Mário Soares presidiu aos governos da jovem democracia. Eleito chefe do Executivo do I Governo Constitucional, sê-lo-ia também do II e do IX. Os pedidos de ajuda ao FMI e a entrada de Portugal na CEE marcaram a ação governativa do histórico socialista.

  • Soares, o Presidente
    4:07

    Mário Soares 1924-2017

    Mário Soares cumpriu dois mandatos como Presidente da República. A sua ascensão a Belém ficou marcada por um duro combate político com a direita. Já enquanto Chefe do Estado, protagonizou com Cavaco Silva alguns dos momentos mais vivos de luta política entre dois homens com personalidades muito distintas. Os dois mandatos na Presidência ficam para sempre marcados pelas Presidências Abertas: o político ficou ainda mais popular nos contactos mantidos junto do povo.

  • As derrotas de Mário Soares
    3:03

    Mário Soares 1924-2017

    Dono de um percurso político invejável, Mário Soares teve de enfrentar algumas derrotas no longo trajeto que o consagrou como figura de proa do Portugal livre. A mais evidente terá sido o terceiro lugar nas eleições presidenciais quando, já com 80 anos, tentou um terceiro mandato em Belém. Antes disso, o Parlamento Europeu já havia rejeitado o político veterano na corrida à liderança da câmara dos eurodeputados.

  • Últimas aparições públicas de Mário Soares
    2:39

    Mário Soares 1924-2017

    No último ano foram raras as aparições públicas de Mário Soares. Mas este verão, o ex-Presidente da República ainda participou em duas homenagens. A última aparição pública foi em setembro, numa homenagem a Maria Barroso. Em Julho, Soares foi homenageado em São Bento pelos 40 anos do 1º Governo Constitucional, uma cerimónia na qual também discursaram o primeiro-ministro, António Costa, e o antigo chefe de Governo, Francisco Pinto Balsemão.

  • Polémica sobre offshore intensifica guerra de palavras entre PSD e Governo
    2:39
  • DGO divulga hoje execução orçamental de janeiro

    Economia

    A Direção-Geral do Orçamento (DGO) divulga hoje a síntese de execução orçamental em contas públicas de janeiro, sendo que o Governo estima reduzir o défice para 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB) em contabilidade nacional em 2017.

  • Paulo Fonseca e Paulo Sousa fora da Liga Europa

    Liga Europa

    A segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa ficou marcada pelas eliminações de duas equipas treinadas por portugueses: a Fiorentina de Paulo Sousa e o Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca. Paulo Bento, no Olympiacos, e José Mourinho, no Manchester United, são os únicos técnicos lusos ainda em competição. Noutros jogos, destaque para os afastamentos do Tottenham e do Zenit. Veja aqui os resumos de todos os encontros desta noite europeia. O sorteio dos oitavos-de-final está agendado para esta sexta-feira, às 12h00, hora de Lisboa.

  • "Não preciso de ajustar contas com ninguém"
    0:49

    País

    O ex-Presidente da República insiste que José Sócrates foi desleal durante as negociações do Orçamento do Estado para 2011. Numa entrevista dada à RTP1, Cavaco Silva esclareceu ainda que não escreveu o livro de memórias para ajustar contas com o ex-primeiro-ministro.

  • Sócrates em processo judicial surpreende Cavaco
    0:18

    País

    Cavaco Silva afirmou ter ficado surpreendido com o envolvimento de José Sócrates num processo judicial. Em entrevista à RTP1 o ex-Presidente da República diz que nunca se apercebeu de qualquer "atuação legalmente menos correta" da parte de Sócrates.

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28
  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.

  • Secretário da Segurança Interna dos EUA desmente Donald Trump

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou esta quinta-feira que os esforços do seu Governo para expulsar alguns imigrantes ilegais dos Estados Unidos "são uma operação militar", afirmação contrariada pelo seu secretário da Segurança Nacional no México.