sicnot

Perfil

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Câmara de Lisboa dispensa funcionários que queiram assistir a homenagem de Soares

MARIO CRUZ

A Câmara de Lisboa decidiu dispensar, até ao meio-dia desta segunda-feira, os trabalhadores da autarquia que queiram assistir à homenagem prestada ao antigo chefe de Estado português Mário Soares que decorre na Praça do Município a partir das 11:00.

Num "e-mail" enviado aos funcionários, e ao qual a agência Lusa teve hoje acesso, o município informa que irá ocorrer, "junto ao edifício dos Paços do Concelho, a trasladação da urna do antigo Presidente da República Mário Soares - do carro fúnebre para o armão militar - que a transportará em cortejo até ao Mosteiro dos Jerónimos".

"Todos os trabalhadores que desejarem assistir a este momento de homenagem na Câmara Municipal de Lisboa, que ocorrerá a partir das 11:00, deverão comparecer na Praça do Município até às 10:45, estando dispensados do serviço até às 12:00", refere a mesma nota.

A autarquia ressalva, contudo, que se excetua desta dispensa "os trabalhadores dos serviços considerados essenciais, que em função da sua natureza devam manter-se em funcionamento".

Dois dias depois da morte de Mário Soares, as cerimónias fúnebres de Estado do antigo Presidente da República iniciam-se hoje com o cortejo que levará o corpo para o Mosteiro dos Jerónimos, onde permanecerá até terça-feira.

Mário Soares morreu no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde estava internado há 26 dias, desde 13 de dezembro.

O Governo decretou três dias de luto nacional, a partir de segunda-feira.

O corpo do antigo Presidente da República vai estar em câmara ardente no Mosteiro dos Jerónimos a partir das 13:00 de segunda-feira, e o funeral de Estado realiza-se a partir das 15:30 de terça-feira, no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

Lusa

  • AR começa hoje a votar OE e mais de 600 alterações dos partidos

    Orçamento do Estado 2018

    Entre os temas que deverão marcar os próximos dias de debate e das votações relativas à proposta orçamental de 2018, cuja votação final global será na segunda-feira, estão as medidas relacionadas com os incêndios, as alterações ao regime simplificado de IRS, as carreiras na função pública (e em especial a dos professores) e as cativações de despesa.

  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27