sicnot

Perfil

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Hemeroteca de Lisboa coloca online notícias do regresso de Soares do exílio

© Benoit Doppagne / Reuters

A Hemeroteca Municipal de Lisboa anunciou esta segunda-feira a disponibilização online de uma seleção de diferentes publicações que noticiaram "momentos decisivos" do percurso político de Mário Soares e da "história coletiva" do país.

Entre os momentos selecionados estão o regresso do exílio em Paris, com a chegada à estação de Santa Apolónia, a 28 de abril de 1974, no denominado "comboio da liberdade", ou a reunião com o general António de Spínola, então Presidente da República, no palácio da Cova da Moura, também na capital, noticiado no Jornal de Notícias no dia 29 de abril.

A chegada a Lisboa, noticiada pelo diário A Capital, que dá conta que o líder do PS foi "abraçado pela multidão", está disponível em http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/ArquivoNewsletter/2017/NEspMarioSoares/Imagens/ACapital_28e29Abr1974.pdf; e também no Diário de Lisboa, em http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/ArquivoNewsletter/2017/NEspMarioSoares/Imagens/ACapital_28e29Abr1974.pdf.

Os dois jornais chamam o acontecimento a primeira página, com o Diário de Lisboa a indicar que Mário Soares foi o primeiro exilado político a regressar a Portugal, que do varandim da estação ferroviária de Santa Apolónio acenou à população e ergueu um "V em flores".

O Diário de Notícias também fez chamada de 1.ª página da notícia da chegada do "advogado Mário Soares" a Lisboa, acompanhado por Manuel Tito de Morais e de Francisco Ramos Costa.

Segundo o jornal, "milhares de pessoas enchiam a estação, o largo fronteiro e as ruas adjacentes" para receber o líder socialista.

A reunião de Mário Soares com o ex-Presidente da República António de Spínola no palácio da Cova da Moura foi noticiado, entre outros, pelo Diário Popular e está disponível em http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/ArquivoNewsletter/2017/NEspMarioSoares/Imagens/DiarioPopular_28Abr1974_2Ed.pdf, mas também pelo jornal O Século, ambos com destaque na primeira página.

Em O Século, lê-se que a reunião no "quartel-general da Cova da Moura" decorreu logo após a sua chegada a Santa Apolónia.

O Jornal de Notícias de 29 de abril de 1974 noticia na 1.º página a chegada de Mário Soares e a reunião com o general Spínola, e está disponível em http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/ArquivoNewsletter/2017/NEspMarioSoares/Imagens/JornaldeNoticias_29Abr1974.pdf.

O jornal assinala na fotografia, com um círculo, o rosto de Mário Soares, dando conta de que este foi "recebido em apoteose", e afirma que "a manifestação prolongou-se até ao Palácio da Cova da Moura", onde "conferenciou durante meia hora" com Spínola.

Mário Soares morreu no sábado, aos 92 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa.

O Governo português decretou três dias de luto nacional, até quarta-feira.

O corpo do antigo Presidente da República está em câmara ardente no Mosteiro dos Jerónimos desde as 13:10 de hoje, depois de ter sido saudado por milhares de pessoas à passagem do cortejo fúnebre pelas principais ruas da capital, com escolta a cavalo da GNR.

O funeral realiza-se na terça-feira, pelas 15:30, no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa, após passagem do cortejo fúnebre pelo Palácio de Belém, Assembleia da República, Fundação Mário Soares e sede do PS, no Largo do Rato.

Nascido a 07 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares, advogado, combateu a ditadura do Estado Novo e foi fundador e primeiro líder do PS.

Após a revolução do 25 de Abril de 1974, regressou do exílio em França e foi ministro dos Negócios Estrangeiros e primeiro-ministro entre 1976 e 1978 e entre 1983 e 1985, tendo pedido a adesão de Portugal à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e assinado o respetivo tratado, em 1985.

Em 1986, ganhou as eleições presidenciais e foi Presidente da República durante dois mandatos, até 1996.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.