sicnot

Perfil

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Detido homem com armas e explosivos antes de desfile gay em Los Angeles

Um homem com um arsenal de armas e explosivos foi detido pela polícia perto de Los Angeles, algumas horas antes do desfile Gay Pride e após um massacre num clube noturno gay em Orlando, indicaram as autoridades.

© Enrique de la Osa / Reuters

"Um homem foi detido em Santa Monica", localidade costeira ao lado de Los Angeles, hoje de manhã, "na posse de armas e outros materiais perigosos", segundo um comunicado da polícia do condado de Los Angeles.

"Qualquer possível ligação do indivíduo com o desfile Gay Pride que se realiza em West Hollywood", outra localidade ligada a Los Angeles, o segundo maior nos Estados Unidos, "será alvo de investigação da polícia federal", o FBI, acrescenta o comunicado.

Uma porta-voz do FBI confirmou à agência de notícias francesa, AFP, que "está a investigar a partir de uma detenção", em colaboração com a polícia de Santa Monica.

Este departamento policial escusou-se a comentar o sucedido, mas uma fonte próxima do caso confirmou que está ligado a um veículo contendo "materiais explosivos".

A imprensa local noticiou que uma viatura com placa de matrícula do Indiana (norte dos Estados Unidos) foi encontrada pela polícia de Santa Monica na madrugada de hoje.

Ainda segundo a imprensa local, o suspeito terá dito à polícia que estava na cidade para o desfile Gay Pride, a parada anual de orgulho homossexual em que eram esperadas 400.000 pessoas antes do anúncio do massacre em Orlando, em que um atirador fez 50 mortos e 53 feridos num clube noturno gay antes de ser morto a tiro pela polícia.

De acordo com a estação televisiva CNN, foi um vizinho que alertou as autoridades.

A polícia do condado de Los Angeles disse estar "totalmente preparada" para responder a um ataque como o que ocorreu na Florida "se necessário" e que, para o fim de semana do desfile, o número de agentes nas ruas "foi reforçado".

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.