sicnot

Perfil

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Parlamento português condena atentado de Orlando e repudia homofobia

O parlamento português condenou hoje o ataque contra uma discoteca em Orlando, EUA, que classificou como um "ato bárbaro" contra a comunidade LGBT e contra as liberdades, repudiando todas as formas de terrorismo e de ódio.

LUSA/ ARQUIVO

A Assembleia da República "manifesta a mais veemente condenação pelo ataque perpetrado contra cidadãos inocentes, expressando o seu pesar às famílias das vítimas, bem como às autoridades e ao povo norte-americanos", lê-se no voto, apresentado em nome de todas as bancadas e do Presidente do parlamento, Ferro Rodrigues.

No passado domingo, um homem armado atacou uma discoteca em Orlando, EUA, matando 49 pessoas e ferindo 53, num ataque "motivado pelo ódio homofóbico e reivindicado pelo Daesh, embora estejam ainda por explicar as verdadeiras razões", refere o voto.

"Há seguramente uma reflexão que é global e que não pode deixar de condenar sem hesitações todas as formas de terrorismo e todas as formas de ódio", defende o parlamento português, transmitindo a "mais profunda condenação" pelo "ato bárbaro contra uma comunidade em específico, as pessoas Lésbicas, Gay, Bissexuais e Transgénero" [LGBT].

O texto aprovado sustenta ainda que "a brutalidade e a quantidade dos casos" justifica mais empenho numa "resposta global ao terrorismo, não violenta, que promova a segurança através da liberdade e a liberdade através da segurança".


Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.