sicnot

Perfil

Tragédia no Meco

Tragédia no Meco

Tragédia no Meco

Procurador avança com processo contra pais de vitimas na praia do Meco

15 de março de 2015: Cerimónia de inauguração da escultura em memória dos jovens falecidos na Praia do Meco, em dezembro de 2013.

ANT\303\223NIO COTRIM

Os pais dos seis jovens mortos na praia do Meco, há mais de três anos, foram notificados para serem ouvidos como arguidos num processo crime movido pelo procurador de Almada que arquivou o caso.

O magistrado do tribunal de Almada já tinha prometido processar os familiares das vitimas por criticas à investigação. Avançou com um processo crime por difamação agravada e denúncia caluniosa.

Os pais, que nunca se conformaram e que desde o início recusaram a tese de acidente, foram notificados no dia 15 de dezembro, precisamente três anos depois da morte dos filhos, para serem ouvidos este mês.

  • Pais dos jovens que morreram no Meco continuam sem respostas
    1:44

    País

    Os familiares dos seis estudantes que morreram no Meco recolheram os objetos dos filhos que estavam à guarda do tribunal. Dois anos e meio depois, os pais dizem que continuam sem respostas sobre o que aconteceu na noite em que os filhos morreram. Os pais dos seis jovens vão avançar com processos cíveis e com um processo para o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

  • Mãe do jovem que morreu em praxe começa a ser julgada por difamação
    1:44

    País

    A mãe do jovem que morreu em 2001, depois de ter sido agredido numa praxe da tuna, começou a ser julgada. Maria de Fátima Macedo está acusada de quatro crimes de difamação, por palavras ditas à comunicação social, na altura da morte dos estudantes no Meco. A mulher arrisca a pena de cinco anos de cadeia ou uma multa. Olavo Almeida, que chegou a ser arguido no processo da morte de Diogo, apresentou queixa por difamação e pede agora uma indemnização de 120 mil euros à mãe de Diogo Macedo.

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.