sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2018

Governo e parceiros sociais discutem valor do salário mínimo para 2018

(Arquivo)

Lusa

O Governo e os parceiros sociais discutem esta terça-feira em Concertação Social o valor do salário mínimo para 2018, que deverá ser de 580 euros.

Segundo a convocatória da reunião a que a Lusa teve hoje acesso, o aumento do salário mínimo nacional é o primeiro ponto da ordem de trabalhos da reunião.

O encontro contará também com a presença do ministro Adjunto, Pedro Siza Vieira, que apresentará o ponto 2 da ordem de trabalhos, relativo ao "Ponto de situação do Programa Capitalizar".

Na última reunião de Concertação Social, no dia 5, o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, apresentou aos parceiros sociais uma proposta de 580 euros para o salário mínimo em 2018 e disse que era "muito provável" que o valor ficasse naquele valor.

O salário mínimo é atualmente de 557 euros.

Lusa

  • Patrões exigem mais competitividade com subida do salário mínimo
    1:57

    Economia

    À entrada para a reunião da concertação social, os patrões admitiram esta tarde a subida do salário mínimo nacional desde que isso signifique uma melhoria da competitividade da economia. A CGTP quer que os 600 euros entrem em vigor já no início do próximo ano, um valor acima da proposta do Governo que ronda os 580.

  • Reunião sobre salário mínimo termina sem acordo
    2:43

    Economia

    O Governo e os parceiros sociais reuniram esta terça-feira para discutir o salário mínimo nacional, mas a reunião terminou sem acordo. O ministro do Trabalho insiste nos 580 euros, mas os sindicatos pedem mais e os patrões exigem medidas que ajudem as empresas a suportar o aumento.

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38