sicnot

Perfil

OE 2016

OE 2016

Orçamento do Estado 2016

Só será possível contratar um funcionário público por cada duas saídas

O Governo vai manter uma regra de contração na Administração Pública segundo a qual será possível contratar um trabalhador por cada dois funcionários que deixem a função pública, medida com a qual estima uma poupança de 100 milhões de euros.

Arquivo

Arquivo

(Lusa/ Arquivo)

A medida consta numa carta enviada pelo Governo português à Comissão Europeia, com a data de hoje, e que foi divulgada na página do executivo comunitário na internet.

"A política para os recursos humanos na Administração Pública será tornada mais eficiente. Será aplicada a regra de contratação de um trabalhador por cada dois trabalhadores que deixem a Administração Pública", lê-se na carta.

O Governo estima uma poupança de 100 milhões de euros com esta medida, de acordo com a mesma fonte.

Esta carta foi divulgada no dia em que o Governo apresenta a proposta de Orçamento do Estado para 2016 na Assembleia da República.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.