sicnot

Perfil

OE 2016

OE 2016

Orçamento do Estado 2016

Ministério da Administração Interna vai investir 17 milhões em infraestruturas da PSP e GNR

O Ministério da Administração Interna (MAI) vai investir, este ano, em infraestruturas da PSP e da GNR, cerca de 17 milhões de euros, mais do dobro do que em 2015, indica a proposta do Orçamento do Estado (OE) para 2016.

M\303\201RIO CRUZ

Dos 17.015 milhões de euros orçamentados para infraestruturas, 11.172 milhões de euros destinam-se a postos da GNR e 5.843 milhões, a esquadras da PSP, refere a nota explicativa da proposta do Orçamento do Estado (OE) para 2016, relativa ao MAI, disponível na página da Assembleia da República.

Segundo a proposta do OE, em 2015 foram investidos 7.619 milhões de euros em infraestruturas das forças de segurança e, em 2014, o valor situou-se nos 11.543 milhões.

A nota explicativa refere que, "na legislatura anterior, foram celebrados protocolos para construção de esquadras e quartéis das forças de segurança, muitos sem previsão orçamental".

No âmbito da discussão da apreciação na especialidade do OE, a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, vai estar hoje, ao fim da tarde, na Assembleia da República, numa audição conjunta das comissões parlamentares de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa e de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

O orçamento previsto do MAI para 2016 é de 2.023 milhões de euros, mais 25 milhões face ao executado em 2015. Em termos consolidados, e sem cativos, o orçamento estima-se em 1.964 milhões de euros.

Segundo a proposta, o orçamento do MAI é financiado com 1.613 milhões euros de receitas gerais, 361 milhões de euros de receitas próprias e 49 milhões euros com fundos comunitários.

O documento realça que 79 por cento do orçamento do MAI está afeto à GNR e à PSP.

A Guarda Nacional Republicana tem previsto um orçamento para 2016 de cerca de 863 milhões de euros, mais 32,4 milhões de euros do que em 2015.

Por sua vez, a proposta de orçamento para 2016 da Polícia de Segurança Pública é de 734,8 milhões de euros, e representa um aumento de 21,5 milhões de euros, em relação à dotação orçamental de 2015.

Com um orçamento previsto de 86 milhões de euros, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deverá ter este ano um reforço de 5,9 milhões de euros, em relação a 2015.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), por seu lado, terá um orçamento, em 2016, estimado em cerca de 129 milhões de euros, o que poderá significar uma redução de 4,6 milhões de euros face a 2015.

O orçamento da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) para 2016 deverá situar-se nos 31,3 milhões de euros, mais 2,2 milhões euros do que em 2015.

Também a Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) poderá ver o orçamento aumentado em 400 mil euros, enquanto a secretaria-geral do MAI terá um orçamento semelhante a 2015, de 40,6 milhões de euros, e os gabinetes do MAI deverão sofrer uma redução de cinco por cento.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.