sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2016

Governo assume que preparou plano B caso seja preciso mais austeridade

Governo assume que preparou plano B caso seja preciso mais austeridade

O Governo assume que já preparou uma "almofada" de segurança, caso seja preciso aplicar mais austeridade. O Executivo admite que afinal existe um plano B no Programa de Estabilidade e diz que pode vir a subir alguns impostos, para cobrir eventuais percalços na execução do Orçamento.

  • Costa convicto de "processo tranquilo de consolidação orçamental", sem planos B
    0:46

    País

    À saída do encontro com o Presidente da República em Évora, o primeiro-ministro falou aos jornalistas sobre a aprovação do plano de estabilidade e do plano nacional de reformas. Para António Costa, a consolidação far-se-á sem o conjunto de medidas que marcaram a austeridade nos últimos anos. O primeiro-ministro acredita que mais importante que o plano de estabilidade é o plano nacional de reformas porque permitirá enfrentar os problemas estruturais do país.

  • Passos Coelho diz que o Governo se está a preparar para anunciar maus resultados
    2:10

    País

    Pedro Passos Coelho desafia o primeiro-ministro a esclarecer quais são as perspectivas de médio prazo para o país. O líder do PSD acusa o Governo de lançar dúvidas sobre um eventual plano B e questiona o executivo se se está a preparar para dar más notícias aos portugueses. Segundo o relatório da Comissão Europeia, a que a SIC teve acesso Bruxelas sublinha que é preciso fazer mais para reduzir o défice e insiste que o Governo deve preparar medidas adicionais.

  • João Galamba deixa de ser porta-voz do PS

    País

    João Galamba vai deixar de ser porta-voz do PS e de integrar a comissão permanente do partido. A nova porta-voz dos socialistas vai ser Maria Antónia Almeida Santos, que já integrava a comissão independente, órgão de direção política do PS.

  • Mariano Rajoy não vai convocar eleições antecipadas
    1:24

    Mundo

    O governo espanhol está por um fio por causa de um processo de corrupção a envolver dirigentes do PP. O PSOE apresentou uma moção de censura e o Ciudadanos pede eleições antecipadas. O chefe do governo, Mariano Rajoy, já disse que não vai convocar eleições.