sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

Marcelo diz que ouve partidos trimestralmente e Orçamento é boa razão

Marcelo diz que ouve partidos trimestralmente e Orçamento é boa razão

O Presidente da Republica convocou os partidos com assento parlamentar para audiências esta semana em Belém. Marcelo explicou porquê, esta tarde, no início da visita à Suíça e voltou a recusar fazer comentários sobre o Orçamento do Estado.

Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas, num pavilhão de hóquei em patins em Genebra onde se encontrou com representantes da comunidade portuguesa, no início uma visita à Suíça.

Questionado sobre as audiências de quinta e sexta-feira, o chefe de Estado respondeu que chamou os partidos com assento parlamentar "para os ouvir sobre o Orçamento do Estado e a situação política portuguesa".

"Eu de três em três meses ouço os partidos e agora há uma razão muito importante para os ouvir, que é o Orçamento e, por outro lado, o fecho do ano civil - no fundo, já estamos a dois meses a fim do ano. É boa razão para os ouvir", acrescentou.

O Presidente da República reiterou, contudo, que não vai comentar o conteúdo da proposta do Governo: "Vou esperar para me pronunciar sobre o Orçamento, como vos disse, depois do dia 29 de novembro (data da votação final global no parlamento)".

Com Lusa

  • Inspetores do SEF cansados das promessas do Governo
    1:00

    País

    O sindicato do SEF garante que a segurança contra o terrorismo vai ser assegurada na greve de quinta-feira e sexta-feira nos aeroportos. Acácio Pereira, do sindicato, diz que os inspetores são quase escravos e que estão fartos das promessas do Governo. A greve deverá afetar cerca de 30 mil pessoas.