sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

PR recebe partidos para debater Orçamento

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebe esta quinta-feira, a partir das 14:00, e em audiências de uma hora, o PAN, os Verdes, o PCP e o CDS-PP. Os restantes encontros realizam-se na sexta-feira, também a partir das 14:00, sendo recebidos o BE, o PS e o PSD, por esta ordem.

Na passada sexta-feira, Marcelo Rebelo de Sousa anunciou ter convocado os partidos com assento parlamentar para audiências no Palácio de Belém, em Lisboa, na sequência da apresentação da proposta de Orçamento do Estado para 2017 (OE2017), nesse mesmo dia.

No domingo, durante uma visita de Estado à Suíça, o chefe de Estado afirmou que durante o seu mandato as audiências com os partidos com assento parlamentar são trimestrais e que o OE2017 é uma boa razão para os convocar.

"Eu de três em três meses ouço os partidos e agora há uma razão muito importante para os ouvir, que é o Orçamento e, por outro lado, o fecho do ano civil - no fundo, já estamos a dois meses a fim do ano. É boa razão para os ouvir", justificou.

O Presidente da República reiterou, contudo, que não vai comentar o conteúdo da proposta do Governo: "Vou esperar para me pronunciar sobre o Orçamento, como vos disse, depois do dia 29 de novembro [data da votação final global no parlamento]".

O Governo apresentou na sexta-feira a proposta de Orçamento do Estado de 2017 que prevê um crescimento económico de 1,5%, um défice de 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB), uma inflação de 1,5% e uma taxa de desemprego de 10,3%.

Para este ano, o executivo liderado por António Costa piorou as estimativas, esperando agora um crescimento económico de 1,2% e um défice orçamental de 2,4% do PIB.

Esta é a terceira vez que Marcelo Rebelo de Sousa chama os partidos com assento parlamentar a Belém desde que tomou posse como chefe de Estado, a 09 de março, sem ser por imposição constitucional.

A 26 de abril, o chefe de Estado reuniu-se com cada um dos sete partidos com assento parlamentar para debater temas específicos na agenda política, o Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas apresentados pelo Governo.

Antes das férias de verão, a 25 de julho, recebeu-os para uma análise da situação política.

Pelo meio, a 27 e 28 de junho, o Presidente da República recebeu os partidos representados na Assembleia Legislativa dos Açores, por imposição constitucional, no quadro da marcação da data das eleições nesta região autónoma.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.