sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

Autoridades britânicas vão poder aceder a informações de paraísos fiscais

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou hoje que a maioria das dependências da Coroa Britânica - incluindo as ilhas Caimão e Virgens, consideradas paraísos fiscais -, deverão a partir de agora partilhar as suas informações fiscais com Londres.

© Stefan Wermuth / Reuters

Esses territórios, à exceção de Guernesey e Anguilla, concordaram em dar às autoridades judiciais e fiscais britânicas acesso total às informações relativas à identidade dos proprietários de empresas presentes nos respetivos territórios, declarou Cameron no Parlamento de Westminster.

"Pela primeira vez, a polícia e as autoridades estarão em condições de ver com exatidão quem detém realmente e controla as empresas registadas nesses territórios", disse o chefe do executivo britânico, citando, nomeadamente, as ilhas Caimão, as ilhas Virgens, Jersey e as Bermudas.

Este anúncio ocorre no âmbito de uma ofensiva lançada por David Cameron para contrabalançar o efeito desastroso junto da opinião pública das revelações sobre a sua participação passada numa empresa 'offshore', denunciada no escândalo "Documentos do Panamá" ("Panama Papers").

Mas, para a organização humanitária Oxfam, Cameron deve "fazer mais", tornando integralmente públicas as informações obtidas através do acordo com as dependências da Coroa Britânica.

Lusa

  • Coreia do Norte lança novo míssil balístico

    Mundo

    O Pentágono detetou esta sexta-feira mais um lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte. O primeiro-ministro japonês já confirmou o lançamento, que terá atingido a zona económica exclusiva, no Mar do Japão.

  • Menino perdido na Praia da Luz foi levado à GNR por turista
    1:11

    País

    Um menino inglês, de sete anos, esteve desaparecido na quinta-feira na Praia da Luz, no Algarve, depois de se ter perdido dos pais. A GNR colocou duas equipas de investigação no local, mas ao fim de uma hora e meia o rapaz apareceu na esquadra de Lagos acompanhado por um turista a quem terá pedido ajuda.

  • Mais viagens mas menos turistas de Portugal
    1:22

    País

    Os residentes em Portugal - sejam portugueses ou estrangeiros - realizaram quatro milhões de viagens turísticas, só no primeiro trimestre do ano. Um aumento de mais de 6% nas viagens dentro do país face ao período homólogo e de mais de 15% nas viagens para fora, de avião. O estudo é do INE, o Instituto Nacional de Estatística, que permite fazer o retrato mais claro de quem viaja e porquê.

  • Algarve sozinho gera metade dos bens transacionáveis em Portugal
    4:14

    SIC 25 Anos

    O Algarve quase não tem indústria e os especialistas consideram que é excessivamente dependente do turismo. Ainda assim, sozinho contribui com metade do que Portugal gera em bens transacionáveis. A região tem problemas graves, como a falta de médicos e um custo de vida muito alto, mas continua a atrair a maior parte dos turistas e muitos estrangeiros decidem mesmo escolher a região para viver.