sicnot

Perfil

Papa Francisco em Fátima

Francisco recebido pelas três mais altas entidades do Estado

JO\303\203O RELVAS

O papa Francisco foi esta sexta-feira recebido pelas três mais altas entidades do Estado português, Presidente da República, presidente da Assembleia da República e primeiro-ministro, à chegada a Portugal para uma visita apostólica a Fátima.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu o líder da Igreja Católica à saída do avião, na pista da Base Aérea de Monte Real, em Leiria, perto das 16:20, e cumprimentou-o de forma calorosa.

No local estavam também o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e o primeiro-ministro, António Costa, bem como os ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, e Adjunto, Eduardo Cabrita, e respetivas mulheres.

Antes de Jorge Bergoglio descer do avião da Alitalia em que viajou desde Roma, subiram a bordo o núncio apostólico em Portugal, Rino Passigato, e o chefe do protocolo do Estado, embaixador António Almeida Lima.

Depois, Marcelo Rebelo de Sousa e o papa Francisco caminharam por uma passadeira vermelha, com alas militares de cortesia, compostas por uma dúzia de cadetes alunos da Academia da Força Aérea.

Os dois seguiram lado a lado, à conversa, e, já na tribuna com as delegações, o Presidente da República guiou o papa pelo braço encaminhando-o para o ponto onde deviam posicionar-se para ouvir o hino pontifício e o hino português, tocados pela banda da Força Aérea.

Tocados os hinos, o papa Francisco e Marcelo Rebelo de Sousa cumprimentaram a delegação portuguesa presente em Monte Real, que além do presidente da Assembleia da República e dos membros do Governo incluía ainda o embaixador de Portugal junto da Santa Sé, António Almeida Ribeiro, e o chefe do Estado-Maior da Força Aérea, general Manuel Teixeira Rolo.

De seguida, cumprimentaram os representantes da Igreja Católica, entre eles, o cardeal patriarca de Lisboa e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, Manuel Clemente, e o bispo de Leiria-Fátima, António Marto, que o papa cumprimentou de forma mais efusiva, com um abraço.

Nesta cerimónia de receção, o papa Francisco recebeu honras militares prestadas por um batalhão conjunto de alunos das academias da Força Aérea, da Marinha, do Exército e da Guarda Nacional Republicana (GNR), com cerca de 120 cadetes.

O papa vai estar entre hoje e sábado em Fátima para celebrar o centenário das "aparições" de 13 de maio de 1917 e canonizar os beatos Francisco e Jacinta Marto.

Jorge Mario Bergoglio é o quarto papa a visitar Fátima. Os anteriores papas que estiveram no maior templo mariano do país foram Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2000) e Bento XVI (2010).

Lusa

  • Saída dos EUA do acordo de Paris é "uma vergonha"

    Mundo

    O ex-secretário de Estado norte-americano John Kerry considerou esta terça-feira "uma vergonha" a decisão do Presidente Donald Trump de retirar os Estados Unidos do acordo do clima de Paris, garantindo que o povo não acompanha esse gesto de "autodestruição".

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43