sicnot

Perfil

Portugal vence Eurovisão

Portugal vence Eurovisão

Portugal vence Eurovisão

Salvador Sobral:"Se pensasse em mim como herói nacional seria estranho" 

O cantor Salvador Sobral diz que seria estranho pensar em si próprio como um herói nacional, depois de ter sido responsável pela primeira vitória de Portugal no Festival Eurovisão da Canção. Na conferência de imprensa com o vencedor da edição deste ano, que se realizou em Kiev, Salvador Sobral disse que o herói nacional de Portugal é o futebolista Cristiano Ronaldo e mostrou-se contente por ser o desportista a ocupar tal posto.

"Só quero viver uma vida sossegada. Espero que isso possa acontecer, tenho a certeza que sim. Talvez no princípio seja um pouco agitado. Se pensasse em mim como um herói nacional seria um pouco estranho", respondeu o músico a uma das questões colocadas numa conferência de imprensa pontuada por várias salvas de palmas.


Face a uma pergunta sobre o apelo que fez de apoio aos refugiados na conferência de imprensa que se seguiu à primeira meia-final, Salvador Sobral disse não pretender acrescentar nada ao que já havia afirmado, mas realçou que transmitiu uma mensagem sobre os refugiados por acreditar ser o maior problema com que a Europa se confronta atualmente, sem querer ser político.


"Recebemos um e-mail da organização a dizer que não podia continuar a usar aquela camisola [que dizia 'SOS Refugiados'] ", explicou Salvador Sobral, por não serem permitidas mensagens políticas ou comerciais: "Pensei que era estranho. E se vestir uma camisola da Adidas, é uma mensagem comercial? Era apenas humanitária. Já disse tudo o que tinha a dizer, não penso que deva apertar o mesmo botão outra vez".


Sobral, que disse nunca ter escrito uma canção com o propósito de passar na rádio, frisou que a sua vida não vai mudar em nada e que vai prosseguir com a digressão prevista para este verão.


"Nunca quis saber dos votos, só quis cantar uma canção bonita como ela é", declarou.


Por seu lado, Luísa Sobral, irmã do cantor, disse acreditar que a principal razão para a canção portuguesa ter sido a escolhida talvez se prenda com a sua "simplicidade".


Durante a conferência de imprensa, o supervisor executivo da União Europeia de Radiodifusão, Jon Ola Sand, enalteceu o trabalho da organização local em Kiev e disse que a preparação para 2018, em Portugal, começa "já na segunda-feira".


"Amar pelos Dois", a canção com letra e música de Luísa Sobral que deu a vitória a Portugal, obteve 758 pontos na votação combinada dos júris nacionais e do público, na final do festival disputada em Kiev, na Ucrânia, que foi transmitida em direto pela RTP1.


A final do Festival Eurovisão da Canção foi disputada por 26 países.

Lusa

  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.