sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Santana Lopes desafia Rebelo de Sousa a dizer o que faria no lugar de Cavaco Silva

O provedor da Misericórdia de Lisboa, Pedro Santana Lopes, disse hoje não estar em condições de responder qual o candidato presidencial que apoiará e desafiou Marcelo Rebelo de Sousa a dizer o que faria no lugar de Cavaco Silva.

"Não posso ser mais sincero. Para já, o tempo para pensar não tem sido muito e mesmo que conseguisse pensar muito, acho que ainda não tinha conseguido chegar a nenhuma conclusão porque eu ainda não sei o que é que ele pensa do exercício da função presidencial. Por exemplo, eu gostava imenso de o ouvir dizer o que faria no lugar de Cavaco Silva agora. Nomeava Pedro Passos Coelho ou não? Ou dava posse a António Costa?", questionou Santana Lopes.

Pedro Santana Lopes, que no final de agosto anunciou que não seria candidato à Presidência da República, afirmou num almoço promovido pelo American Club, em Lisboa, não estar "em condições de responder" sobre que candidato presidencial apoiaria.

Confrontado pelos jornalistas no final da sua intervenção, em que também respondeu a perguntas, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa disse que António Sampaio da Nóvoa "fez muito bem" em dizer o que faria no lugar do atual chefe de Estado no processo de formação de Governo decorrente das eleições legislativas de 04 de outubro.

"Assim é que os portugueses podem optar. Com base em chá e simpatia, não é por aí que os portugueses podem decidir", afirmou.

Sobre o antigo presidente da Câmara do Porto Rui Rio, Santana disse à plateia do American Club e repetiu aos jornalistas que provavelmente não saberá o seu entendimento sobre esta matéria porque "dizem que não vai ser candidato".

Ainda relativamente a Marcelo Rebelo de Sousa, Santana afirmou que "nos seus manuais explica muito bem o sistema de governo" mas contrapôs que "nem sempre os professores de direito dizem qual é a sua posição sobre as matérias que são tratadas nos seus manuais".

"Eu já disse o que defendo, nomeava Pedro Passos Coelho primeiro-ministro. Se não passasse na Assembleia, depois podia tomar outras opções mas essa opção para mim era indiscutível, acho que não pode ser discutível", acrescentou.

Lusa

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.