sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Correia de Campos mandatário nacional de Sampaio da Nóvoa

O antigo ministro da Saúde António Correia de Campos é o mandatário nacional da candidatura presidencial de António Sampaio da Nóvoa nas eleições de 24 de janeiro.

Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, Correia de Campos foi ministro da Saúde entre 2001 e 2002.

Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, Correia de Campos foi ministro da Saúde entre 2001 e 2002.

(SIC/ Arquivo)

Em comunicado, António Sampaio da Nóvoa adianta que este anúncio é feito no dia em que se procede à entrega das assinaturas e de todo o processo de formalização da candidatura à Presidência da República no Tribunal Constitucional (TC).

"(...) António Correia de Campos será o mandatário nacional de candidatura e acompanhará o candidato na deslocação ao TC, prevista para hoje", é referido no comunicado.

Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, Correia de Campos foi ministro da Saúde entre 2001 e 2002, no governo chefiado por António Guterres, e entre 2005 e 2008, no executivo de José Sócrates.

Foi também membro do Parlamento Europeu (2009-2014), onde presidiu ao Painel de Avaliação de Opções de Ciência e Tecnologia e à Comissão Parlamentar Mista Parlamento Europeu-Parlamento do Chile.

Autor único de seis livros e coautor em outros seis, publicou também mais de cem artigos em revistas nacionais e estrangeiras sobre temas de administração de saúde, segurança social, administração pública, política de saúde e economia de saúde.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Cenário mais estável no Sardoal
    0:55

    País

    O presidente da Câmara do Sardoal, Miguel Borges, disse esta manhã que a situação está mais calma. No entanto, o autarca pede que não se desmobilizem os meios porque a situação pode mudar de forma imprevisivel. Miguel Borges alertou ainda para o cansaço dos bombeiros e agentes da Proteção Civil.

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04

    Mundo

    A Polícia do Rio de Janeiro deteve uma portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos. Ana Resende fazia-se passar por funcionária do consulado e prometia vistos e outros documentos para tirar dinheiro das vítimas. Esta é a terceira vez que a polícia brasileira detém a portuguesa por acusações de burla.