sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Jorge Sequeira lamenta saída do país de "muitos jovens talentosos"

O candidato presidencial Jorge Sequeira lamentou hoje, no Porto, que muitos jovens talentosos tenham de sair do país para encontrar emprego porque "não lhes dão oportunidades" em Portugal.

HUGO DELGADO

O professor universitário afirmou que a emigração jovem lhe "rasga a alma e choca" porque Portugal tem "imensos miúdos com talento, iniciativa e conhecimentos" a quem a sociedade "não dá possibilidades de serem felizes".

Para um jovem arranjar emprego tem de se "inscrever numa jota [juventude partidária] qualquer", lastimou.

"Quem for de uma jota tem muita facilidade neste país em ter emprego", sustentou Jorge Sequeira.

Durante uma visita a um baile no Orfeão do Porto, Jorge Sequeira, que dançou e distribuiu beijos entre os presentes, aproveitou o "embalo" para dizer que um Presidente da República tem de ter "jogo de cintura, flexibilidade e agilidade".

E citando uma frase de Charles Darwin, um naturalista britânico, Jorge Sequeira disse ser importante as pessoas adaptarem-se porque "não sobrevivem os mais fortes ou mais inteligentes, mas os que se adaptam".

Questionado pelos jornalistas sobre a primeira semana de campanha eleitoral, o psicólogo fez um balanço "extremamente positivo".

"Está a ser excecional, estou absolutamente satisfeito para os recursos que tenho e para uma candidatura que não aparecia, à partida, nos cromos, estou mesmo feliz", afirmou.

Jorge Sequeira revelou que recebe diariamente "dezenas de `e-mails´ e mensagens de força e coragem", algo que não esperava porque não imaginava que viria a ser candidato à Presidência da República.

As eleições para eleger o Presidente da República realizam-se a 24 de janeiro.

Marcelo Rebelo de Sousa, Maria de Belém Roseira, Sampaio da Nóvoa, Edgar Silva, Marisa Matias, Vitorino Silva (conhecido por Tino de Rans), Henrique Neto, Cândido Ferreira, Paulo de Morais e Jorge Sequeira são os candidatos a Belém.

Lusa

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC