sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Paulo de Morais interrompe campanha para ser ouvido em tribunal

Paulo de Morais interrompe campanha para ser ouvido em tribunal

Paulo de Morais teve de interromper a campanha eleitoral esta manhã, para ser ouvido no Tribunal de Instrução Criminal do Porto. O candidato foi acusado de difamação por Luís Filipe Menezes. Em causa estão declarações de Paulo de Morais, no ano passado, num programa televisivo, a propósito da discrepância entre rendimentos e património do antigo presidente da Câmara de Gaia. "Não bastava serem corruptos, ainda são parolos", afirmou, na altura.

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.