sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Paulo de Morais interrompe campanha para ser ouvido em tribunal

Paulo de Morais interrompe campanha para ser ouvido em tribunal

Paulo de Morais teve de interromper a campanha eleitoral esta manhã, para ser ouvido no Tribunal de Instrução Criminal do Porto. O candidato foi acusado de difamação por Luís Filipe Menezes. Em causa estão declarações de Paulo de Morais, no ano passado, num programa televisivo, a propósito da discrepância entre rendimentos e património do antigo presidente da Câmara de Gaia. "Não bastava serem corruptos, ainda são parolos", afirmou, na altura.

  • "Este é o elefante na sala sobre a saúde!"
    1:43

    País

    Catarina Martins acusa o Governo de estar alinhado com a direita na promoção de negócios privados na área da saúde. O Bloco de Esquerda quer uma nova lei de bases aprovada até ao final da legislatura e arrancou ontem com um ciclo nacional de sessões públicas para defender o Serviço Nacional de Saúde.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05