sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Sampaio da Nóvoa visita uma das empresas que mais exporta calçado no país

Sampaio da Nóvoa esteve esta tarde em Guimarães. O candidato visitou uma das empresas que mais exporta em todo o país na área do calçado. A campanha do candidato, interrompida devido às cerimónias fúnebres pela morte de Almeida Santos, termina esta noite num jantar com apoiantes em Santa Maria da Feira.

  • Nóvoa quer acabar com subvenção do Presidente
    2:09

    Presidenciais 2016

    A decisão do Tribunal Constitucional sobre subvenções vitalícias foi criticada no debate entre candidatos presidenciais, com Marcelo a considerar difícil de entender em termos de justiça social e Henrique Neto e Vitorino Silva falaram em "vergonha". O candidato Sampaio da Nóvoa, já no período pós-debate, disse na RTP3 que se baterá pelo fim da subvenção para o Presidente da República (PR) e que se o Parlamento não legislar nesse sentido abdicará desse rendimento.

  • Maria de Belém lembra papel de Almeida Santos na descolonização
    1:19

    País

    Durante a manhã, os candidatos à Presidência da República deixaram mensagens de pesar pela morte de Almeida Santos. Maria de Belém lembra o papel de Almeida Santos na descolonização. Marcelo Rebelo de Sousa diz que o país está a perder os pais da democracia. Sampaio da Nóvoa fala da marca que Almeida Santos deixou na luta pela liberdade. Marisa Matias fala num dia triste para Portugal e Edgar Silva lembra a história de antigo presidente da Assembleia da República no PS.

  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • E agora?
    15:07
  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.