sicnot

Perfil

Prince 1958-2016

Prince gostava de partilhar o palco com outros artistas

Prince gostava de partilhar o palco com outros artistas

Prince não foi apenas único nos seus próprios temas, mas também através de colaborações com outros artistas. Por várias vezes, o cantor tocou temas de outros de que gostava e dividiu com eles a música em momentos que nomes como Madonna ou os Radiohead recordam saudade.

  • Os maiores êxitos de Prince
    1:21

    Prince 1958-2016

    A SIC escolheu três dos maiores êxitos de Prince que vão fazer recordar para sempre o ícnone da música pop. Ao longo da sua carreira foram mais de 60 milhões de singles e mais de 100 milhões de álbuns editados.

  • Prince vendeu mais de 100 milhões de discos e venceu sete Grammys
    1:37

    Prince 1958-2016

    Durante a sua carreira, Prince vendeu mais de 100 milhões de discos e venceu sete Grammys. Em 2010, convidou a cantora portuguesa Ana Moura para uma atuação conjunta em Portugal no festival Super Bock Super Rock. Em 2017, o cantor deu um concerto memorável na Super Bowl. Foi encontrado sem vida na sua casa em Minneapolis, nos Estados Unidos da América.

  • Morte de Prince teve reações imediatas nas redes sociais
    1:13

    Prince 1958-2016

    A morte de Prince teve reações imediatas. A rede social Twitter foi o meio mais rápido para os amigos apresentarem as condolências. Vários artistas de várias áreas dizem-se chocados com a notícia e aproveitam para elogiar a contribuição de Prince para a música. Justin Timberlake, Katy Perry ou Spike Lee foram alguns dos nomes que prestaram condolências.

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49