Revista do Ano 2017

"Um dos reclusos quando saiu da prisão foi pedir emprego à Gulbenkian"

"Um dos reclusos quando saiu da prisão foi pedir emprego à Gulbenkian"

Quando saiu da prisão, um dos reclusos da Reportagem Especial "Quando Estou a Cantar Não Estou Preso", foi pedir emprego à Gulbenkian e conseguiu. Diogo Varela ajuda a montar palcos na fundação. A história é contada pela jornalista Raquel Marinho ao site da SIC Notícias.

O prémio foi entregue pela Comissão Nacional da Unesco e a Secretaria Geral da Presidência do Conselho de Ministros - Prémios de Jornalismo Direitos Humanos e Integração à equipa da SIC Raquel Marinho, Eurico Bastos (imagem),Odacir Júnior (imagem), Cláudia de Araújo (produção), Miguel Van der Kellen (edição de imagem) e Luís Marçal (coordenação).

A reportagem foi emitida em 24 de julho de 2016. Veja ou reveja aqui a Reportagem Especial SIC "Quando Estou a Cantar Não Estou Preso".

  • Prémio "teve um significado grande porque a reportagem marcou-nos a todos"
    2:25

    Revista do Ano 2017

    Em 2017, uma das Menções Honrosas do Prémio de Jornalismo Direitos Humanos e Integração foi atribuída à Reportagem Especial da SIC "Quando Estou a Cantar Não Estou Preso". Mostra o projecto apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian e desenvolvido pela Sociedade Artística e Musical de Pousos, que procura integrar jovens através da arte. A reportagem, revela a jornalista da SIC Raquel Marinho, deixou marcas na vida dos reclusos, que se "deixaram encantar pela música".