sicnot

Perfil

Rio 2016

Daesh planeou atentado contra delegação francesa nos Jogos Olímpicos

O Daesh terá planeado um atentado contra a delegação da França durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, segundo um relatório do governo francês divulgado hoje.

© Sergio Moraes / Reuters

A informação, veiculada pela agência italiana Ansa, foi passada pelo chefe da Direção de Inteligência Militar francesa, general Christophe Gomart, durante uma audiência realizada em 26 de maio numa comissão parlamentar que investiga os atentados de 2015 ocorridos na França.

Segundo o general, um membro brasileiro do Daesh estaria prestes a "cometer atentados contra a delegação francesa nos Jogos".

O relatório divulgado não traz informações sobre a identidade deste brasileiro nem a sua localização.

Segundo a Ansa, este suposto membro do grupo terrorista viveria fora do país e poderia até já estar preso.

Diversos analistas afirmam que os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro abrem uma oportunidade para atentados no Brasil, país que nunca sofreu ataques deste tipo.

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) já elevou o risco de ataques do Daesh e tem divulgado informações sobre cooperação internacional para evitar que atos terroristas.

Mesmo assim, o risco permanece porque o Brasil já foi ameaçado por membros do Daesh.

Uma destas ameaças aconteceu em novembro do ano passado, quando um homem chamado Maxime Hauchard, que supostamente integra o grupo extremista, postou na rede social Twitter uma frase que dizia "Brasil, vocês são nosso próximo alvo", logo após os atentados que deixaram 129 mortos e dezenas de feridos em Paris.

Com Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19