sicnot

Perfil

Rio 2016

600 trabalhadores chamados de urgência para concluir alojamentos na aldeia Olímpica

O Comité Rio 2016 destacou 600 novos trabalhadores para a Aldeia Olímpica, na sequência de queixas de várias delegações olímpicas relativamente às condições do alojamento oferecido pela organização dos Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro.

Segundo o jornal brasileiro Estado de São Paulo, o Comité Rio2016 espera que a "força tarefa", como chamou ao grupo, trabalhe para "deixar tudo pronto entre quinta e sexta-feira".

Divididas por três turnos, as equipas integram canalizadores, eletricistas e trabalhadores da área da limpeza para resolver precisamente os três problemas apontados no domingo pela delegação australiana, que se recusou a ocupar o seu edifício na Vila dos Atletas, considerando-o "inabitável".

Problemas nos alojamentos têm sido identificados por várias delegações, incluindo a portuguesa.

José Garcia, chefe da missão portuguesa, contou ao jornal Expresso que, de acordo com a sua adjunta, que chegou ao local a 20 de julho, "nem todos os apartamentos tinham água e havia muita sujidade".

Algumas delegações, como a italiana e a neozelandesa, decidiram contratar diretamente profissionais para concluir os apartamentos com urgência.

O presidente do Comité Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, disse no domingo que o importante é que os reparos sejam feitos antes que os Jogos Olímpicos comecem.

"São ajustes que já estamos a fazer e serão resolvidos em pouco tempo. Toda a Aldeia Olímpica, pela sua magnitude, precisa de alguns retoques até que fique perfeita. O importante é que tudo será feito antes do início dos jogos, sem trazer nenhum transtorno aos atletas", disse, na abertura da aldeia.

São esperados mais de 10 mil atletas de 206 países nos primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul, que decorrem de 05 a 21 de agosto na cidade carioca.

Lusa

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.