sicnot

Perfil

Rio 2016

Operação policial em favelas do Rio de Janeiro a dois dias da abertura dos Jogos

A polícia brasileira realizou esta quarta-feira, dois dias antes da abertura dos Jogos Olímpicos, uma grande operação policial contra o tráfico de drogas no complexo de favelas do Alemão, zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.

Segundo informações da imprensa brasileira, registaram-se trocas de tiros entre os agentes da autoridade e os traficantes, havendo a confirmação de um ferido ligeiro entre a polícia.

A operação foi coordenada pelas polícias civil e militar e contou com a participação de 450 efetivos.

Os agentes da polícia foram ao complexo de favelas cumprir dezenas de mandados de prisão contra pessoas envolvidas com tráfico de drogas, tendo sido detidos pelo menos dez.

A segurança pública é uma das maiores preocupações dos organizadores dos Jogos Olímpicos e do governo brasileiro, que mobilizou cerca de 85 mil homens das polícias civil e militar e das forças armadas para garantir a segurança do evento.

A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos está marcada para sexta-feira.

Lusa

  • Resgate de mais de 300 migrantes no Mediterrâneo
    2:08
  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01