sicnot

Perfil

Rio 2016

Ministro da Educação elogia postura do selecionador Rui Jorge

(Arquivo)

ANDR\303\211 KOSTERS

O Ministro da Educação admitiu hoje que fez contactos não institucionais com a Federação Portuguesa de Futebol e elogiou a postura do selecionador da equipa olímpica pela forma como conduziu a escolha dos jogadores

O selecionador da equipa olímpica de futebol, Rui Jorge, teve algumas dificuldades na formação do grupo que levou para o Brasil, dado que muitos clubes se recusaram a ceder jogadores.

Numa entrevista ao Diário de Notícia e TSF, hoje divulgada, o ministro assegurou ter mantido contactos "não institucionais, vendo com cuidado todo o processo" e lembrou que não podia ter uma "intervenção ativa", mas que as declarações feitas foram no sentido de que a equipa olímpica de futebol pudesse estar "representada ao mais alto nível".

Tiago Brandão Guedes avança a existência de contactos com a Federação Portuguesa de Futebol passando uma mensagem de que "os clubes se pudessem comprometer", considerando que o cerne da questão passa pelo facto de falta de compromisso da FIFA.

"Toda esta questão está condicionada à partida, a questão da data da FIFA é primordial. Até porque muitos dos atletas não estão em Portugal. E nem na Liga Portuguesa podemos ter uma intervenção direta porque muitos clubes são instituições privadas. Com todas as competições que existem, isso faz que os clubes se queixem. Em média já dão os atletas 30 a 40 dias às seleções e os campeonatos estão a começar", sublinhou.

O ministro disse admirar "muito a posição de Rui Jorge, a sobriedade e a estoicidade com que encarou este processo", adiantando: "o não compromisso da FIFA em relação aos Jogos Olímpicos deve preocupar-nos e a FIFA tem de entender o que quer do futebol olímpico (...). Entendo que os clubes, têm as suas prioridades e já têm de libertar os jogadores para as datas obrigatórias".

Para o responsável, os Jogos Olímpicos são também "um sonho para muitos futebolistas, por muito que sejam vedetas nos seus campeonatos", e como tal, devem-se tirar "ilações da situação e do relacionamento da FIFA com o movimento olímpico e saber o caminho a percorrer".

Portugal venceu quinta-feira a Argentina por 2-0, na estreia no Grupo D do torneio olímpico de futebol Rio 2016, no Estádio Olímpico João Havelange, com golos de Gonçalo Paciência e do suplente Pité.

A formação das quinas, que inaugurou a participação lusa nos Jogos Olímpicos Rio2016, volta a jogar no domingo, frente às Honduras, às 15:00 locais (19:00 em Lisboa).

A 14 de julho, aquando do anúncio dos jogadores convocados para o torneio olímpico, Rui Jorge disse que a lista era a "possível" e construída de forma "surreal".

"É a possível, quando escolhemos 35 jogadores [para a pré-convocatória], fizemo-lo com o grupo que seria ideal para os Jogos Olímpicos. Atendendo às negas que levamos de alguns clubes, desses 35 apenas conseguimos 11 jogadores, logo aí ficámos limitados", explicou Rui Jorge na altura.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.