sicnot

Perfil

Rio 2016

Velejador Gustavo Lima em 14.º posição após duas regatas de Laser

O velejador português Gustavo Lima terminou esta segunda-feira na 14.ª posição as duas primeiras regatas da classe Laser nos Jogos Olímpicos Rio2016, após dois 15.os lugares.

Na sua quinta participação em Jogos Olímpicos, Gustavo abriu a prova com 30 pontos, numa prova que é liderada pelo croata Tonci Stipanovic, com seis pontos, os mesmos do argentino Julio Alsogaray.

Na terceira posição está o russo Sergei Komissarov, com 11 pontos.

Na terça-feira, estão previstas mais duas regatas da classe Laser.

Lusa

  • Gustavo Lima pela 5ª vez nos Jogos Olímpicos
    4:59

    Desporto

    Gustavo Lima qualificou-se na semana passada para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. É a quinta presença consecutiva do velejador português em Jogos Olímpicos, depois da estreia em Sidnei no ano de 2000. Gustavo Lima vai defender, na cidade onde nasceu, as cores portuguesas na classe Laser. Em entrevista à SIC Notícias, o velejador elogiou todos os atletas que já conseguiram o apuramento, nomeadamente João Rodrigues que vai competir nas Olímpiadas pela 7ª vez.

  • "Levo Portugal comigo e talvez seja essa a minha motivação"
    0:58

    Rio 2016

    Gustavo Lima partiu para o Rio de Janeiro, onde vai representar Portugal nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O velejador não promete trazer uma medalha para Portugal, mas acredita que a experiência e a confiança vão ser as suas melhores armas para o sucesso. Esta será a quinta participação de Gustavo Lima nos Jogos Olímpicos.

  • A Catalunha "está farta da prepotência e dos abusos do governo"
    0:30
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Família Portugal Ramos
    15:01